sábado, 18 de outubro de 2014

Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama terá ações educativas em Ceilândia


No dia 19 de outubro comemora-se o Dia Mundial de Combate ao Câncer de Mama e durante o mês de outubro, ações em todo o país conscientizam as mulheres sobre a importância do diagnóstico precoce desta doença, por isso o Sindicato da Habitação do Distrito Federal (SECOVI/DF) aderiu à campanha conhecida, como “Outubro Rosa”.
São 31 dias dedicados ao combate do câncer de mama e o presidente do SECOVI/DF, Carlos Hiram Bentes David, lembra que as empresas associadas ao Sindicato podem fazer a prevenção da doença em todas as unidades do SESC/DF. “O SECOVI, como membro da Federação do Comércio do Distrito Federal, dispõe dos serviços oferecidos pelo Serviço Social do Comércio – o SESC ”, alertou.

Para isso, as unidades do SESC de Ceilândia, Taguatinga Norte e 913 Sul prepararam uma agenda com palestras educativas, orientações para o diagnóstico e estandes. “A ideia é possibilitar que as mulheres possam detectar o câncer de mama, precocemente. Vamos dar ênfase ao exame de mamografia, disponível na unidade de Taguatinga Norte que, atualmente, cobra o preço mais baixo do Distrito Federal e dispõe de equipamentos modernos”, explica a coordenadora de Serviços Médicos e Educação em Saúde do SESC/DF, Ana Nery.
Ela destaca que as mulheres acima de 40 anos que ainda não realizaram o exame serão encaminhadas para consulta. O SESC possui clínicas de ginecologia nas unidades de Ceilândia, Taguatinga Norte, Gama e Setor Comercial Sul (Edifício Presidente Dutra). Para utilizar os serviços é necessário agendar, previamente, a consulta e apresentar a carteirinha da instituição. Mais informações pelo telefone: 0800 617 617. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer de mama é a primeira causa de mortes, por câncer, em mulheres. Esse tipo de câncer é uma doença causada pela multiplicação anormal das células da mama, que forma um tumor maligno. Quando descoberto no início, tem cura.
De acordo com o Instituto Nacional do Câncer (INCA), as formas mais eficazes para detecção precoce do câncer de mama são o exame clínico da mama e a mamografia que devem ser feitos, periodicamente, mesmo que a mulher não apresente alterações.
Em 2013, estimaram-se para o Brasil 52.680 casos novos da doença, com uma projeção de risco de 52 casos a cada 100 mil mulheres. Em quatro das cinco regiões brasileiras, o câncer de mama é o tipo mais comum, entre as mulheres: Sudeste (69/100 mil), Sul (65/100 mil), Centro-Oeste (48/100 mil) e Nordeste (32/100 mil). Na Região Norte, é o segundo tumor mais incidente (19/100 mil), ficando atrás do câncer de colo do útero (23/100 mil).
secovidf
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...