quarta-feira, 22 de outubro de 2014

Moradores cobram construção do novo hospital público de Ceilândia no Ceilambódromo


Audiência Pública realizada pelo mandato do deputado Chico Leite no mês passado,  mostrou ao governo a necessidade de reforçar as unidades de saúde de Ceilândia. “A construção de um novo hospital para a cidade deve ser prioridade da política de saúde do DF, sem descartar o reforço das unidades de atenção básica da região”, enfatiza o distrital. O encontro reforçou uma demanda da própria comunidade e do Movimento Popular por uma Ceilândia Melhor (MOPOCEM).


Construído em 1981 para uma população estimada em 80 mil pessoas, o Hospital Regional da Ceilândia hoje se mostra insuficiente. Afinal de contas, estima-se que apenas a Ceilândia abrigue cerca de 450 mil pessoas atualmente. O hospital recebe também pacientes de cidades próximas e do entorno do DF, como Águas Lindas, Padre Bernardo e Santo Antônio do Descoberto.

Com a presença do diretor administrativo do Hospital Regional da Ceilândia, Sérgio Bezerra, a presidente do Conselho Regional de Saúde da Ceilândia, Andrecinda Rocha, e a coordenadora do Movimento Popular por uma Ceilândia Melhor, Maria Madalena Torres, a audiência pública tornou-se o primeiro passo concreto de uma conversa com o governo pela mobilização para construção de um novo hospital para a Ceilândia com 500 leitos. O próximo passo será uma reunião do MOPOCEM com o deputado Chico Leite e o Secretário de Saúde.

O encontro também serviu para definir que o MOPOCEM procure outros deputados distritais e federais a fim de garantir emendas orçamentárias destinadas à construção do novo hospital, assim haverá recursos para agilizar a definição de um projeto arquitetônico e para começar as obras. Chico Leite garantiu destinar emenda orçamentária no valor de meio milhão de reais para a obra. O projeto urbanístico da Ceilândia já tem uma área determinada para essa construção: o local onde funcionava o Ceilambódromo.

Site do Deputado Chico Leite

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...