sábado, 18 de outubro de 2014

Usuários reclamam que motoristas não param em ponto de ônibus de Ceilândia


A ouvidoria do DFTrans recebeu 534 reclamações contra motoristas de ônibus neste ano. Foram 434 sobre a conduta de motoristas e 100 sobre não parada no ponto no Distrito Federal.
No centro de Ceilândia, passageiros reclamam. “Tem vezes que a gente dá o sinal e eles vêm correndo e não param”, diz uma passageira.

Os motoristas não concordam com as críticas. “Muitas vezes eles dão sinal em cima da parada e não dá para parar”, disse um condutor.
Uma parada virou terminal improvisado no final da W3 Norte. Ônibus se acumulam no local, onde motoristas estacionam para descansar. A fileira de veículos tira a visibilidade de outros motoristas e passgeiros que circulam na via.
“Às vezes o ônibus passa direto porque os outros param aqui. Aí o que a gente quer na parada eles passam direto”, afirmou a faxineira Verileusa Santos. “A baia fica constantemente cheia pra motoristas que param e interrompem por um determinado tempo pra tomar café”, disse o gerente comercial Cristian Carvalho.
Motoristas afirmam desconhecer que o local é inadequado para repouso. “Porque não tem baia, não tem nada, não tem estacionamento, não tem lugar apropriado”, disse o motorista Ronaldo Ferreira.
O diretor do DFTras, Jair Tedeschi, disse que o projeto do terminal existe, mas foi modificado e não há tempo para que seja construído. “Nós estamos revendo esses projetos e vamos deixar pronto para que os próximos governos possam executá-los”, afirmou Tedeschi. O DFTrans declarou que 500 motoristas já passaram por curso de reciclagem.
Informou o G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...