sábado, 24 de janeiro de 2015

Brasiliense e Ceilandense: duelo de Davi e Golias


A 40º edição do Campeonato Brasiliense de Futebol começa da mesma forma que iniciou em 2014, com descontentamentos e ameaças de paralisação. Assim, Brasiliense e Ceilandense enfrentam-se no Serejão às 16h deste domingo (25). As arquibancadas não poderão receber torcedores devido à punição ao Jacaré pela invasão dos torcedores na partida contra o Brasília no ano passado, na eliminação da Copa Verde nas semifinais da competição. E, ainda, pela não liberação do local por parte da Polícia Militar.

BRASILIENSE
O time de Taguatinga realizou o último treino da pré-temporada, que começou em 1º de dezembro do ano passado, na manhã deste sábado (24) na Boca do Jacaré, mesmo local do jogo contra o Ceilandense. Sem os medalhões de outrora, o Brasiliense vem com um time mais modesto em relação a outros campeonatos. Porém, jogadores com bastante rodagem chegaram para compor o elenco, como no caso dos meias Lopes e Allan Dellon. Este último faz a terceira passagem pelo Jacaré.

O técnico estreante Jonhes Santos tem a dura missão de levar a equipe ao título candango pela 9ª vez na história. Para ele, é a oportunidade de chegar a uma conquista de um campeonato logo na estreia como técnico de futebol.
“Vamos lutar com todas as nossas forças. Sei que o time é capaz de chegar, mas temos que ter cautela”, comentou o treinador.
Uma das forças do time é atacante Luiz Carlos, que garante tentar marcar um gol a cada dois jogos pelo menos para ajudar os companheiros na batalha do Candangão. Ele é um dos remanescentes da trágica desclassificação da Série D do Brasileirão no ano passado. “Estou focado e devo esse título ao clube”, enfatiza o Imperador do Cerrado.
O Brasiliense, além desta partida com portões fechados, joga também contra o Santa Maria sem a presença do público no dia 4 de fevereiro.

CEILANDENSE

Antes de iniciar a pré-temporada visando a disputa do Candangão 2015, a diretoria do Ceilandense travou uma batalha judicial para se defender da acusação de duplicidade de CNPJ e, consequentemente, a escalação irregular de atletas na temporada passada. Mas o Dragão saiu vencedor nessa batalha em todas as instâncias desportivas.

Dentro de campo o time jovem mesclado com alguns jogadores experientes promete dar trabalho aos demais na competição. Para o técnico Sílvio de Jesus, a equipe está preparada para encarar os adversários sem pensar no quase rebaixamento em 2014.
“Estamos prontos para bater de frente como todos. O time é basicamente novo, mas os atletas conhecem bem o campeonato da cidade e irão se valer disso”, esclareceu o treinador.
O zagueiro Mauro, o zagueiro Santiago e o lateral-esquerdo Oberdam são algumas das armas em que a comissão técnica confia para dar uma sustentação para os mais jovens do grupo.
Estádio Serejão - Domingo, 25/1/2015 – 16h
Partida com portões fechados
Árbitro: Rafael Diniz
A1: José Sabino
A2: Leila Cruz
4º árbitro: Vivaldo Guedes

Brasiliense: Welder, Ângelo, Neto Gaúcho, Felipe, Felipe Assis, Douglas, Ederson, Gilmar, Leandro Chaves, Matheuzinho e Luiz Carlos
Técnico: Jonhes Santos

Ceilandense: Abraão, Katiomar, David, Mauro, Oberdam, Mateus, Augusto, Gago, Rodrigo, Batata, Hugo Rangel
Técnico: Sílvio de Jesus

Por Haland Guilarde do Esporte Candango
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...