domingo, 25 de janeiro de 2015

CANDANGÃO 2015 - Brasiliense escorrega e apenas empata com Ceilandense


Em jogo com maior número de gols na rodada de abertura do Candangão 2015, Brasiliense e Ceilandense empataram por 3 x 3 no estádio Serejão neste domingo (25) com os portões fechados para os torcedores. O Jacaré cumpre punição de duas partidas pela invasão de campo na semifinal da Copa Verde no ano passado. Naquele jogo o time de Taguatinga foi eliminado da competição.

Susto amarelo

Jogando bem na defesa no início do confronte e mostrando boa transição da zaga para o ataque, o time do Ceilandense abriu 2 x 0 em dois contra-ataques rápidos. No primeiro, em jogada pela direita, o meia Gago enfiou a bola para o atacante Hugo Rangel partir em velocidade e afundar a rede do goleiro Welder, aos nove minutos.


O segundo gol veio aos 23 minutos. O centroavante Batata disputou com os dois zagueiros do Brasiliense e ganhou para marcar 2 x 0, após cruzamento de Oberdam.

Ainda na etapa inicial o Jacaré diminuiu com Luiz Carlos, de pênalti. No finalzinho, o meia Leandro Chaves empatou depois que Matheuzinho fez bela jogada.

Porém, no segundo período, o Ceilandense veio disposto a não deixar o time comandado por Jonhes Santos vencer o confronto. Quando o jogo se encaminhava para o empate em 2 x 2, o Ceilandense voltou a ficar na frente , e com um golaço de Gago. O meia driblou três adversários e tocou na saída de Welder, 3 x 2 para o Dragão.

Mas, como nos primeiros 45 minutos do jogo, o Brasiliense voltou a igualar o marcador no último instante do jogo. Após bate-rebate, o volante Ederson acertou uma bicicleta perfeita para fechar o marcador na Boca do Jacaré, 3 x 3.

Candango 2015
Estádio Serejão - Domingo, 25/1/2015 – 16h
Árbitro: Rafael Diniz
A1: José Sabino
A2: Leila Cruz
4º árbitro: Vivaldo Guedes
Brasiliense: Welder, Ângelo, Neto Gaúcho, Felipe, Felipe Assis, Douglas (Kelvin), Ederson, Gilmar (Claudecir), Leandro Chaves (Allan Dellon), Matheuzinho e Luiz Carlos
Técnico: Jonhes Santos
Gols: Luiz Carlos - 35’ /1T (pênalti), Leandro Chaves - 45’/1T e Ederson - 46’/2T
Cartões Amarelos: Ângelo e Felipe
Ceilandense: Abraão, Katiomar, David, Mauro, Oberdam, Augusto, Bigu (Alex), Gago, Rodrigo (Mateus), Batata e Hugo Rangel (Lucas)
Técnico: Sílvio de Jesus
Gols: Hugo Rangel - 9’/1T, Batata 23’/1T e Gago - 37’/2T
Cartões amarelos: Abraão, Mauro, Oberdam e Rodrigo

Por Haland Guilarde do Esporte Candango
Claudio Reis / BrasilienseFC.com.b
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...