Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

segunda-feira, 26 de janeiro de 2015

Descartada possibilidade de simulação do goleiro Vitor no jogo entre Ceilândia e Paracatu


O jogo entre Paracatu e Ceilândia, ontem no estádio Abadião, foi interrompido exatamente em função da lesão acusada pelo goleiro Vitor, do time mineiro. Como o Paracatu só ficou com seis atletas em campo, segundo as regras de futebol, a partida não poderia continuar. Um minuto após o início do jogo, com a impossibilidade de o goleiro continuar, o árbitro Alan Simei apitou o fim do duelo e o caso será apreciado pelo Tribunal de Justiça Desportiva.
A tendência é que o Ceilândia seja declarado vencedor por 3 a 0 (WO), conforme prevê os artigos 53 a 55 do novo Regulamento Geral de Competições da CBF (RGC 2015).

O presidente do Paracatu, Elias Andrade, informou que realmente o goleiro saiu de campo lesionado. Uma foto do jogador dentro do vestiário com gelo no joelho direito foi divulgada pelo dirigente, como “prova” de que o atleta não tinha nenhuma condição de continuar em campo. “Realmente ele se machucou, mas ninguém vai acreditar”, declarou Elias Andrade.
Por Jânio Gomes do Esporte Candango