quarta-feira, 25 de fevereiro de 2015

Associação de cronistas desportivos acusa administrador de estadio em Ceilândia de injúria


A ABCD - Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos enviou uma carta à Administração Regional de Ceilândia na qual acusa o administrador do Estádio Abadião de injúria, na carta, a associação alega que o administrador Neimar Trindade agrediu verbalmente o cronista do Esporte Candango Jânio Gomes, e o Haland Medeiros Guilarde, confira abaixo íntegra da carta:


Senhor Administrador, A Associação Brasiliense de Cronistas Desportivos (ABCD), entidade que há 40 anos congrega a imprensa esportiva do DF, relata e pede providências a V.Sª. acerca do lastimável fato ocorrido em 18 de fevereiro último, no estádio Abadião, por ocasião do jogo Ceilândia x Brasília, do qual foi protagonista o indivíduo Neimar Trindade Frota.

Pouco antes do final da partida, o cronista Jânio Gomes dos Santos, presidente do Conselho Deliberativo da ABCD, e representante de nossa associação no citado evento, estava à beira do campo para recolher os coletes dos cronistas, quando, inopinadamente, passou a ser agredido verbalmente pelo referido Neimar, com palavras intimidativas, que não apenas demonstravam discordância com a opinião que o jornalista havia manifestado no site em que trabalha, mas que evidenciavam um claro objetivo de cerceamento ao sagrado direito constitucional de liberdade de expressão.

Ao intervir em favor do colega atingido, o também cronista desta ABCD, Haland Medeiros Guilarde, foi igualmente ofendido pelo elemento Neimar, desta feita por um outro tipo de crime, a injúria, haja vista que os xingamentos passaram a ofender a honra dos jornalistas, ao serem tratados como “namoradinhos”.

O comportamento misantropo do senhor Neimar, esquivando-se na oficiosidade do papel de administrador do estádio, que, na prática, desempenhava naquela oportunidade, não o isenta da responsabilidade de se comportar com a dignidade que a comunidade de Ceilândia merece e espera.

Negar o que ele fez, não é possível, uma vez que o registro de som, imagem e testemunhos, comprova induvidosamente a veracidade deste relato.

Tentar acobertar o procedimento despautério de quem pode vir a ser oficializado numa função em que já provou total despreparo, tanto emocional, quanto educacional, sob a singela alegação de que “... Neimar Frota não tem nenhum vínculo como servidor da administração e não foi designado para tal cargo, apenas vem durante muitos anos sendo um colaborador no local”, é inadmissível, porquanto não é o diploma legal que diferencia o seu caráter e a sua maneira de pensar e de agir.

A Administração Regional de Ceilândia, que afirma que a “... atual administração tem pautado a sua conduta pela ética e responsabilidade na condução da gestão de Ceilândia...”, tem, agora, a oportunidade de comprovar esta asserção, apurando imparcialmente e punindo energicamente o senhor Neimar, que de forma irresponsável, maculou a imagem sempre benquista da comunidade de Ceilândia.

No aguardo da atenção e das providências que a gravidade do caso requer, subscrevo,


Atenciosamente, Pedro Kleiber de Bezerril Beltrão Presidente da ABCD 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...