quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Ceilândia enfrenta o Gama. E o Estádio?


Ceilândia enfrentará nesse domingo, 16h, no Estádio Regional, a equipe do Gama.  O jogo, a princípio, ainda será disputado com portões fechados.
O técnico Adelson de Almeida não deve fazer grandes alterações na equipe.
O time sabe que a partida diante do Gama é importante sob todos os aspectos, mas principalmente porque esse será de fato o primeiro grande teste para a equipe jogando em seus domínios.
O Gama faz boa campanha na competição e vem de duas vitórias interessantes contra Sobradinho e Luziânia. Já o Ceilândia teve a oportunidade de ganhar corpo nas três primeira partidas. Mostrou que tem um algumas virtudes defensivas, mas ainda carece de um jogo mais consistente, algo natural em um time em formação.
O Estádio Regional de Ceilândia deve ser receber a partida sem a presença de público. A ação do Ministério Público é de 2012 e foi recentemente decidida. Com relação ao Regional  o Juiz aponta:

37. Para o Estádio Abadião consta laudo de segurança da PMDF de 16/1/2014, que aprova o estádio, com restrições. Além disso, a capacidade foi limitada a 4 mil torcedores (2º volume dos documentos juntados por linha). 
38. O laudo de condições sanitárias e de higiene, de 6/3/2014, aprova o estádio com restrições, recomendando instalação de mais mictórios, substituição do revestimento dos vestiários de atletas e árbitros, instalação de suportes para materiais de higiene pessoal, instalação de bebedouros e regularização do certificado de vistoria de veículos de ambulância (fls. 1002). 
39. E o laudo de prevenção e combate de incêndio (fls. 547), elaborado em 21/6/2012, também aprovou com restrições o estádio, recomendando elaboração de projeto de incêndio.
40. O laudo de engenharia (fls. 979), elaborado em 27/6/2012, não indica restrições ao uso do estádio.
Entretanto, tal como consta da sentença,  a FBF falhou em apresentar antecipadamente ao Ministério Público os laudos para 2015.  As sugestões dos laudos não foram atendidas, mas parece que as restrições não levariam a tanto. Pesa a falta de apresentação de laudos atualizados.
Na última semana, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios julgou os recursos da FBF e do Distrito Federal e reformou a sentença no que atende ao Distrito Federal. O que foi efetivamente mudado,  não consta no andamento do processo.
O Estádio Regional é acanhado. Suas arquibancadas de frente para o sol maltratam o torcedor e a imprensa, mas no geral poderia estar recebendo público limitado a 500 pessoas por exemplo. No geral, todos sabem, isso dificilmente iria acontecer.
Ceilândia Esporte Club
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...