quarta-feira, 11 de fevereiro de 2015

Homem que matou por ciúmes em Ceilândia é condenado a 28 anos de prisão


A Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia obteve, na última quinta-feira, dia 5 de fevereiro, a condenação de José Sipriano Rocha Neto pelo assassinato de João Neto Soares Damasceno. O homicídio foi considerado triplamente qualificado porque o réu tinha motivação torpe, usou meio cruel e empregou recurso que dificultou a defesa da vítima. Ele cumprirá pena de 28 anos de reclusão em regime inicialmente fechado e não poderá recorrer em liberdade.

O homicídio aconteceu em 20 de janeiro de 2011, na QNM 17 de Ceilândia. José se aproximou de João com a intenção de matá-lo por não aceitar que a vítima mantivesse um relacionamento com a ex-companheira do réu, que estava grávida de João na época do crime. A vítima recebeu diversas facadas e não resistiu aos ferimentos.

MPDFT
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...