sábado, 28 de fevereiro de 2015

Lixões improvisados tomam conta de vias públicas em Ceilândia


Moradores de Ceilândia, reclamam do acúmulo de lixo e entulho em vários pontos da região. Imagens da TV Globo mostram restos de móveis, madeira e pneus em uma região de mato alto na quadra QNP 11. O administrador da Ceilândia afirma que está mapeando a área para identificar os lixões.

Na QNM 28, restos de concreto e material eletrônico se acumulam logo abaixo de uma placa que proíbe o depósito de lixo e entulho. Segundo o aviso, a multa pode chegar a R$ 5 mil. O lote fica às margens da via M3, uma das mais movimentadas de Ceilândia.
O lixo também se acumula nas vias do Setor Sol Nascente. Na quadra 87 do Trecho 2, a reportagem da TV Globo encontrou um "lago" formado pelo chorume que escorre de sacos plásticos e caixas de papelão deixadas pelos moradores.

"É de domingo a domingo desse jeito. Eu tenho medo, não é do cheiro não, é de uma febre, do mosquito da dengue", diz o tratorista Celso Costa, que mora em frente ao lixão improvisado.
O administrador da região, Vilson José, diz que há duas equipes empenhadas em mapear os pontos críticos "Já estamos tomando algumas providências, limpando essas áreas. A fiscalização já está fazendo seu trabalho, a administração está fazendo seu trabalho. Tem a questão da cultura, também, do pessoal não voltar a jogar lixo em locais adequados", diz.
A administração regional pede que os moradores denunciem os locais de acúmulo de lixo e ajudem no mapeamento pelo telefone 3471-9833.
Informações do G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...