terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Policial da ROTAM mantém projeto social em Ceilândia


Ensinando Jiu-Jitsu para cerca de 60 alunos, o projeto “Aviva Cei Jiu-Jitsu” é executado pelo policial militar capitão Márcio Rogério da Rotam e sua esposa Adriana Michele e tem ajudado aevitar que crianças se envolvam com a criminalidade.
Realizado há cerca de quatro anos, o projeto tem caráter preventivo e ensina semanalmente técnicas de defesa pessoal e de jiu-jitsu para crianças, jovens e adultos. As aulas são ministradas nas dependências da Igreja Avivamento Bíblico, localizada na M. Norte, em Ceilândia, às terças e quintas-feiras, às 19h30.
De acordo com o capitão Márcio Rogério, professor e coordenador do projeto, o objetivo principal é o combate às drogas e a evangelização dos participantes.

A incidência do tráfico de drogas aqui no final da M. Norte é muito grande, temos casos de alunos em que o pai é traficante, por isso é importante falar de Deus para as crianças”, explicou.
Durante a palestra sobre droga e violência, na noite deste domingo (22), doze policiais do Grupamento Raio de Rotam possibilitaram um contato com a comunidade que, segundo o capitão, tem uma certa dificuldade de se aproximar dos policiais, “eu já tive alunos que, depois que descobriram que eu era policial, simplesmente abandonaram as aulas”, esclareceu.
Atuando como instrutor desde o início do projeto, o policial acredita que a presença dos “rotanzeiros” é marcante, pois possibilita a socialização com alunos e traz resultados sem precedentes à segurança pública.
Na ocasião, foi apresentado um vídeo mostrando a realidade dos envolvidos com o crack e a longa luta dos jovens para combater os vícios.
PMDF
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...