terça-feira, 24 de março de 2015

Com sucessão entre irmãs, Ceilândia elege sua musa


A maior região administrativa do DF elegeu sua representante no Miss DF, abrindo a temporada de concursos deste ano. Loyanne Faria, de 21 anos, foi eleita Miss Ceilândia 2015. No momento do anúncio da vencedora a emoção tomou conta do JK Shopping. Ela recebeu o título das mãos de sua irmã Allana Maya, Miss Ceilândia 2014 e de Luísa Lopes, Miss Distrito Federal 2014. A praça central estava lotada de gente que vibrava e torcia pela sua favorita.

Nascida e criada em Ceilândia, Loyanne sempre sonhou com o título. Desde criança gostava de brincar de modelo e já participou de desfiles na cidade. Em paralelo com o sonho das passarelas, trabalha como secretária em uma corretora de imóveis e sempre trabalhou muito para alcançar o título. Segundo ela, que ano passado comemorou a 4ª colocação no concurso e a vitória da irmã, este foi o terceiro ano que concorreu. “Este momento é a realização de um sonho. Vou aproveitar ao máximo este título, que consegui graças a muita persistência e dedicação. No último ano me concentrei bastante, cuidei da minha alimentação, e agora agradeço muito a Deus por poder representar a minha cidade”.

Ela confessa que a irmã, sua fiel confidente e amiga de todas as horas, foi uma importante incentivadora este ano. “Ano passado eu dei algumas dicas de passarela para a Allana. Agora foi ela quem me ajudou em manter o foco e a garra”, ressalta. Com o concurso, Loyanne acredita que sua carreira de modelo será beneficiada, mas ela pretende continuar os estudos de inglês e posteriormente cursar Jornalismo.


Além do título e da oportunidade de concorrer ao Miss Distrito Federal, a vencedora recebeu das mãos do superintendente do shopping, Sidney Pereira, um cheque de 3mil reais, uma joia Rommanel, uma viagem com acompanhante para qualquer cidade do Nordeste que escolher oferecida pela CVC e pela Faculdade Evangélica, bolsa para malhar na academia Smart Fit e um par de óculos das óticas Nana Verre. “É o segundo ano que estamos apoiando o Miss Ceilândia e é uma forma de nos envolvermos diretamente com a comunidade. Queremos que o DF tenha sempre orgulho desta cidade, que é linda e seus moradores podem brilhar muito”, ressalta Sidney.

A coordenadora do Miss Ceilândia, Armildes Corrêa, e o organizador do Miss Distrito Federal, Cloves Nunes, comemoram o sucesso de mais um concurso. “Ano passado fizemos aqui o encerramento das regionais do Miss DF e este ano decidimos dar o pontapé inicial por Ceilândia. E mais uma vez tempos um evento muito bonito de valorização das cidades, mostrando o que elas têm de bonito”, lembrou Cloves Nunes.

Disputaram o título dez finalistas, que se apresentaram para um grupo jurados, compostos por empresários, autoridades e profissionais da beleza. A classificação geral foi seguida de Karinna Souza, Brenda Ribeiro, Mishele Santana e Ingrid Pereira, que também recebeu a faixa de Miss Simpatia. Esbanjando muita beleza, as candidatas competiram em traje casual, com peças da Mercatto, em traje de banho, com looks da Ilha Bela, e, por fim, traje de gala assinados pela Pimenta Rosa, todas as três lojas do JK Shopping. O styling e a coreografia tiveram a expertise de Fernando Lackman.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...