domingo, 5 de abril de 2015

Grafiteiros transformam complexo cultural de Ceilândia



Tinta, spray, inspiração e muita força de vontade deram as mãos neste sábado (4) e transformaram dois prédios, quase abandonados, em obra de arte. As paredes externas do Centro Cultural e Desportivo e a Biblioteca Pública Carlos Drummond de Andrade, em Ceilândia, foram as telas usadas por cerca de 30 grafiteiros voluntários que, até o fim desta tarde, eternizarão os traços em um dos mais importantes monumentos culturais da região administrativa. Essa é mais uma ação em comemoração ao aniversário de 44 anos de Ceilândia.

Os espaços passam pela primeira revitalização desde que foram inaugurados, em dezembro de 1993. A ação começou na terça-feira (31). Os telhados estragados foram arrumados; a caixa de água, limpa; houve roçagem e poda de árvore; e troca de mobiliários, fruto de doação. A previsão de término da restauração é até o fim deste mês. De acordo com o administrador de Ceilândia, Vilson José de Oliveira, foram investidos cerca de R$ 8 mil na ação. "A comunidade foi peça fundamental. Sem ela, essa obra não seria possível."

O coordenador dos grafiteiros, Rivanilson da Silva Alves — mais conhecido como Riva —, 45 anos, afirmou que o centro é uma referência para Ceilândia. "Escolhemos o tema cultura para os artistas trabalharem de forma mais livre."

Desde as 13 horas, apresentações de dança, música e oficinas de grafite com artistas da cidade dão continuidade à programação de aniversário deste sábado.

Biblioteca
A biblioteca, com um acervo de 70 mil livros, ficou três anos abandonada. "Até 2011, recebíamos 800 usuários por dia. Entre 2012 e 2014, tivemos um período de apagão. Não recebemos mais ajuda", ressaltou Jaqueline Afonso Corrêa, servidora da Secretaria de Educação que coordena o trabalho na biblioteca. Segundo ela, quando o local foi reaberto no último dia 25, cerca de 250 pessoas voltaram a utilizar o espaço diariamente. A parte superior do prédio será reaberta, na segunda-feira (6), com 36 cabines para estudo individualizado disponíveis.

A brinquedoteca e a sala de informática também voltarão a funcionar, segundo o administrador. "Vamos instalar ainda nesta semana 15 computadores novos que estavam guardados na administração." Em breve o projeto Aulões para Concurseiros será reativado graças a uma parceria com unidades educacionais, onde professores são convidados a ensinar matérias básicas de concursos para a comunidade.

Leandro dos Santos Souza, 27 anos, é um dos moradores que voltaram a frequentar o local. Formado em Segurança da Informação, ele vai à biblioteca todos os dias estudar para a disputa de uma das vagas de agente penitenciário em concurso marcado para daqui a duas semanas. "Tirei até um mês de férias do meu trabalho para me dedicar aos livros. Aqui é muito bom e será ainda melhor quando reabrirem as salas com cabines individuais."

Centro Cultural
O prédio do Centro Cultural e Desportivo também foi alvo de mudanças. Aulas de caratê e de teatro estão prestes a começar e a administração tem projetos em andamento para trazer mais atividades para o local. A iniciativa de revitalização do complexo é da Administração Regional de Ceilândia, em parceria com o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) e a Companhia Energética de Brasília (CEB), além do apoio de voluntários, como grafiteiros, estudantes e demais moradores da região.

Flash Back
Para quem é fã das músicas que marcaram os anos 80, o grupo Amigos do 40 promove, neste domingo (5), a festa Flash Back no estacionamento da EQNM 17/19, em Ceilândia Sul. A entrada é 1 quilo de alimento não perecível. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...