sábado, 9 de maio de 2015

Conhecido grileiro de Ceilândia é condenado a mais de 24 anos por assassinato


A 3ª Promotoria de Justiça do Tribunal do Júri de Ceilândia conseguiu, na última terça-feira, dia 5, a condenação do réu R.M.N a 24 anos e 6 meses de reclusão, em regime fechado, pelo homicídio de Richardson Garcez da Silva. O crime ocorreu em dezembro de 2013. O denunciado e a vítima, tempos atrás, mantinham sociedade no comércio ilícito de lotes em condomínios irregulares no Sol Nascente.

Um fato inusitado marcou o julgamento. Após a votação dos jurados, o réu pediu a namorada em casamento. Ela aceitou o pedido e depois foi servido bolo para comemorar. Tudo foi autorizado pelo magistrado que conduziu a sessão do Tribunal do Júri.


Entenda o caso

No dia do crime, por volta da meia-noite, o réu, acompanhado por um indivíduo não identificado, foi até a QNP 5 de motocicleta, aproximou-se da vítima e efetuou diversos disparos de arma de fogo, causando as lesões que foram a causa da morte. O crime ocorreu por motivo torpe, em decorrência de desavenças em antigas negociações.
Fonte: MPDFT
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...