quinta-feira, 14 de maio de 2015

Presidente da Associação de Moradores de Ceilândia Norte é preso por loteamento irregular


A Polícia Civil prendeu nesta quarta-feira (13) Tibúrcio Macedo de Carvalho de 58 anos, presidente Associação de Moradores de Ceilândia Norte por suspeita de venda de terrenos em um loteamento irregular no Distrito Federal. O advogado dele nega as acusações. Documentos obtidos pela corporação mostram a demarcação de uma área no final da avenida Alagados, em Santa Maria. A área, com tamanho próximo ao de 120 campos de futebol, pertence à Terracap. Cada lote estava sendo vendido a R$ 35 mil.

“Através de uma denúncia anônima, os policiais chegaram até o endereço onde estava localizado o escritório, que nós apuramos tratar-se na verdade de uma imobiliária clandestina que estava localizada nos fundos de uma igreja no Setor Sul do Gama”, diz a delegada Marilisa Gomes.

A estimativa da polícia é de que os 1,2 mil lotes renderiam R$ 42 milhões. Ainda não se sabe quantos foram vendidos. De acordo com a corporação, o presidente da associação usava uma escritura falsa para enganar os interessados.
“O perfil desses associados é de pessoas humildes que, vendo toda essa estrutura, essa ‘escritura pública’, todo esse mapa, acredita que de fato tratava-se de uma área privada que seria regularizada”, afirma o delegado Ivan Dantas.
Informações do G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...