quinta-feira, 21 de maio de 2015

Projeto social em Ceilândia usa o futebol no desenvolvimento de crianças e jovens de Ceilândia


Um projeto desenvolvido pelo 10º Batalhão de Polícia tem melhorado a vida de aproximadamente 300 alunos de Ceilândia. Por meio do Projeto “Bom de Bola, Bom na Escola”, os estudantes recebem aulas de futebol gratuitamente. Os policiais orientam também os educandos na prevenção contra as drogas. As palestras também contam com a participação dos pais e alunos.  

Nesta sexta-feira (22), às 9h30, no campo de futebol sintético da EQNO 16/17, Ceilândia, os estudantes irão receber as camisetas do programa.

As aulas acontecem três vezes por semana, nas segundas, quartas e sextas-feiras, em contra turno escolar, das 8 horas às 12h40 e das 14 horas às 18h20, e são ministradas por policias militares.  Segundo o Comandante do 10º BPM, Tenente Coronel Adriano Meirelles, os encaminhamentos são feitos pelas escolas ou rede de proteção à criança, como conselheiros tutelares, e também pela procura dos pais, tios e avós. “Esse projeto social tem como finalidade tirar jovens e crianças do caminho da criminalidade, orientando- os para que permaneçam no caminho da cidadania, respeitando sempre seus pais e as leis”.

De acordo com o comandante, após iniciar no projeto os alunos melhoram seu rendimento escolar. “Em conversa conosco, os responsáveis informaram que o índice escolar e o comportamento em sala melhoraram bastante”, frisou.

Para ser beneficiado é preciso estar matriculado na rede pública de ensino e ter entre 6 a 18 anos. Os estudantes atendidos são, na sua maioria, da expansão do setor O, Condomínio Sol Nascente, QNQ, QNR E Condomínio Privê. Os custos do projeto com bolas, coletes e taxa de arbitragem, quando há campeonato, são divididos entre os professores.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...