sábado, 4 de julho de 2015

Marcha para Jesus teve reflexo negativo em vendas, diz comerciantes de Taguatinga


A Marcha para Jesus, realizada neste sábado em Taguatnga, provocou reclamações de comerciantes da região. De acorcom a Polícia Militar, o evento reuniu cerca de 5 mil pessoas. A avenida Comercial, uma das principais de Taguatinga, foi fechada entre a QNA 1 e CNB 1 e a QNA 54 e QNB para a realização da marcha.

Em nota, o Sindicato do Comércio Varejista disse que o evento causou "enormes prejuízos às lojas". Para o sindicato, a marcha poderia ter sido realizada no Taguaparque ou no domingo, quando as loja estão fechadas.


O presidente da entidade disse que a autorização para o evento ocorrer no sábado foi uma "decisão infeliz", já que o sábado é o dia de "melhor movimento no comércio, que recolhe impostos e gera milhares de empregos”.

Os integrantes da marcha caminharam três quilômetros até o Taguaparque. O evento conou com sete trios elétricos. Durante a marcha, o Detran fez o controle de acesso dos moradores e veículos credenciados nas vias CNB e QNA. O órgão destacou 30 agentes de trânsito, 20 viaturas, um guincho e uma empilhadeira para dar apoio ao evento.

Portal G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...