sexta-feira, 21 de agosto de 2015

Bebês do DF estão sendo vacinados com seringas para adultos


Reportagem do portal G1 revela que por falta de agulhas no DF, bebês estão sendo vacinados com seringas para adultos. Confira a matéria:


Moradores do Distrito Federal reclamam de falta de seringas e agulhas para crianças na rede pública de saúde. De acordo com a Secretaria de Saúde, o tipo de agulha indicada para bebês está em falta há mais de um mês. Segundo a pasta, há estoque de seringas para adultos, que podem ser usadas também em crianças, sem prejuízo. No entanto, mães relatam que o furo feito pela agulha na pele dos filhos fica muito maior do que o normal.

O problema foi identificado pela reportagem no Centro de Saúde 12 de Ceilândia, no centro 7 de Taguatinga, e no Centro de Saúde 7 de Taguatinga, no Distrito Federal. A pasta informou que seringas menores devem chegar nos próximos dias, mas não deu uma data exata. Segundo a secretaria, a compra do insumo é de responsabilidade do Ministério da Saúde.


Mãe de João Miguel, a balconista Jéssica da Silva enfrenta dificuldade em vacinar o filho de 2 meses. O cartão está praticamente vazio, sem as doses exigidas contra rotavírus, meningite e pneumonia. É a quarta vez que ela tenta imunizar a criança.
A filha de Rose Araújo nasceu prematura de 31 semanas e precisa tomar três vacinas, mas a autônoma relatou que não conseguiu com que aplicassem as injeções. Sem paciência para esperar o material chegar, a dona de casa Ana Lúcia de Oliveira decidiu comprar a agulha para não atrasar mais ainda as vacinas da filha. Ela disse ter gasto R$ 4,50 em três agulhas e seringas. Mesmo assim, Ana Lúcia não conseguiu fazer com que a filha fosse atendida.
O problema é que os pais não têm informação no posto sobre o número, o nome e tipo de agulha certos para bebês. À reportagem, a Secretaria de Saúde informou que a seringa para adultos é de medida 20 por 5.
Portal G1
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...