quinta-feira, 27 de agosto de 2015

DF está abaixo da meta de vacinação contra a poliomielite


No DF, 74.143 crianças entre 6 meses a menores de 5 anos – grupo alvo da campanha – procuraram as unidades de saúde para receber a vacina que previne a paralisia infantil. Este número representa 40,3% da meta da campanha deste ano, que pretende vacinar, até 31 de agosto, 95% das 183.760 crianças desta faixa etária.

A campanha teve início em 15 de agosto com o Dia D nacional de mobilização, quando 138 salas de vacinação ficaram abertas durante todo o dia.
​ 
Até o momento, as regiões administrativas de São Sebastião, Núcleo Bandeirante e Gama têm o maior número de crianças vacinadas, com 57,8%, 55% e 53,4%, respectivamente. Já entre as com menor adesão estão Taguatinga (31,8%) e Asa Norte (34,1%).

“Há mais de 20 anos o DF não tem registro de casos de poliomielite. Então, para que continue livre da doença, é necessário que as crianças que fazem parte do público-alvo tomem todas as doses anuais. A poliomielite é uma doença grave, sem cura”, informa o subsecretário de Vigilância à Saúde, José Carlos Valença.
Este ano, durante a campanha, as cadernetas de vacina também serão atualizadas. A ideia é identificar se a criança já tomou todas as vacinas necessárias para a sua faixa etária. Caso tenha alguma atrasada, ela receberá a dose que falta.

Até 31 de agosto, 104 salas de vacinação estarão abertas, das 8 às 17 horas, de segunda a sexta-feira, em todas as regionais de Saúde do DF. Crianças com hipersensibilidade conhecida a algum componente da vacina, a exemplo da estreptomicina ou eritromicina, e pacientes portadores de HIV não devem ser imunizadas.

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...