quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Ministério Público apura denúncias contra os distritais Sandra Faraj e Júlio César


A Coluna ONS & OFFs do jornal Alô Brasília, e assinada pelo jornalista Celson Bianchi, trás a informação de que o Ministério Público do Trabalho apura denúncia contra a deputada distrital Sandra Faraj (SD) de suposto assédio moral a servidores público na época em que ocupou o posto de administradora regional do Lago Norte. Seis pessoas a acusam de segregação no ambiente de trabalho, com discriminação a não membros do Ministério da Fé - igreja liderada pelo irmão da deputada, o pastor Fadi Faraj -, além de ofensas públicas. Os ex-chefes de Gabinete e da Assessoria Técnica da administração também são investigados.

Mais Um
De acordo com a coluna, outro distrital está sendo investigado pelo Ministério Público, desta vez o MPDFT. O deputado Júlio César (PRB) é alvo de um inquérito civil público que apura supostas irregularidades nos repasses feitos pela Secretaria de Esportes ao Instituto da Livre Iniciativa Social, com sede em Águas Claras. O convênio vigente há pelo menos dois anos, no valor aproximado de R$ 2,2 milhões, prevê a gestão pedagógica do Centro Olímpico de Sobradinho. Júlio César foi chefe da pasta no período. Outros ex-servidores da Secretaria de Esportes também são investigados.

Informações de Celson Bianchi / ONS & OFFs / Alô Brasília (http://migre.me/renrl)
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...