quarta-feira, 19 de agosto de 2015

Postos policiais não podem ser abandonados, defende distrital



O deputado Chico Leite participou, na terça-feira (18), de audiência pública realizada pela Comissão de Fiscalização, Governança, Transparência e Controle (CFGTC) da Câmara Legislativa. A discussão foi em torno da destinação dos postos comunitários de segurança da Polícia Militar, que serão desativados pelo governo do DF.  O parlamentar destacou que essa é uma discussão antiga, e que na época da instalação o tema já era debatido. “Em uma política de estado, que se preocupassem com a continuidade dos serviços públicos, na implantação já era preciso uma reflexão sobre isso e um planejamento de curto, médio e longo prazo, mas infelizmente não é isso o que acontece e o planejamento é sempre de acordo com o governo de plantão”, destacou.

Em fiscalização realizada por Chico Leite no ano de 2013, foi constatado que entre os anos de 2008 e 2012, o GDF destinou quase R$ 20 milhões para a instalação dos postos de policiamento comunitário. Hoje, apesar da despesa já realizada, os postos se encontram abandonados, não recebem policiais militares e constantemente são alvos de vandalismo. “Estamos fazendo o debate para definirmos o que pode ser feito para que os postos atendam as demandas da comunidade. O que não dá para aceitar é o abandono desses postos depois de tanta verba pública investida”, destacou o parlamentar.

Chico Leite defendeu que a solução para o problema dos postos policias seja discutido com os moradores que residem nas proximidades. “Cada comunidade deve ser ouvida para que o governo tenha sugestões para o reaproveitamento das estruturas. Em parceria com a Secretaria de Segurança Pública, poderíamos implantar postos do Na Hora, do Detran ou conveniências do BRB, dependendo das demandas de cada região”, sugeriu.


Por: Thiago Alves
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...