quinta-feira, 27 de agosto de 2015

Saúde lança prontuário eletrônico via celular e tablet


O Cartão Nacional do SUS ganhou sua versão digital, lançada nesta quinta-feira (27) pelo Ministério da Saúde. O lançamento ocorreu durante o Conselho Nacional de Secretários de Saúde com a presença do ministro da Saúde, Arthur Chioro e do secretário de Saúde do Distrito Federal, Fábio Gondim. Com o aplicativo em mãos, através de um smartphone, ou tablet, médicos de todo o país terão acesso instantâneo aos dados dos pacientes durante as consultas.

"O aplicativo vem para acelerar os procedimentos e dar precisão aos diagnósticos. Com ele, o médico consultará o histórico do paciente com segurança, tendo conhecimento de possíveis restrições de medicamentos, em caso de alergias. Sem dúvida, é um ganho para a saúde pública", afirma o secretário Fábio Gondim.

O aplicativo já está disponível para download pela Google Play e é compatível para os smartphones com sistema operacional Android. Nos aparelhos com o IOS, a novidade chegará em outubro. Após baixar o aplicativo, o usuário deverá se cadastrar e criar uma senha. O sistema pedirá o CPF, que pelo número irá localizar o cartão do paciente.

No Distrito Federal, o prontuário estará disponível a partir de novembro, quando haverá a integração com o trackcare. Para o ministro da saúde, Arthur Chioro, o aplicativo será uma ferramenta 'fantástica' para todos os usuários do SUS.

"É um dispositivo de gestão e terá de ser valorizado e usado por todos os profissionais da saúde do país", explica o ministro que ressalta a importância do Cartão SUS Digital.

"Muitas vezes o paciente não lembra do medicamento que utiliza. Lá estará essa informação à disposição do profissional de saúde que o atenderá em qualquer unidade do país", disse.

Trackcare - O prontuário eletrônico faz parte da rotina dos hospitais, Centros de Saúde e UPAs do Distrito Federal desde 2008. O trackcare reúne dados dos pacientes da rede pública, que são de uso restrito aos médicos, pois contém informações sigilosas e de interesse único e individual de cada usuário.

Com a integração do prontuário hoje utilizado no DF com o Cartão SUS Digital, o paciente do Distrito Federal contará com essa ferramenta que também traz informações importantes, como o cartão de vacinação – que estará disponível a partir de janeiro de 2016 - aviso de consultas via alerta (a partir de maio/2016) e até marcação de consultas (maio/2016).

O usuário conta com outra funcionalidade que permite o envio de resultados de exames para o médico. Ao clicar no menu "Meus exames", o paciente poderá preencher laudos de exames sanguíneos e aferição da pressão arterial, cujos resultados serão visualizados pelo médico que assiste o paciente.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...