sexta-feira, 4 de setembro de 2015

Bancada do PT entra com representação contra o possível fechamento das UPAs no DF


A Bancada do Partido dos Trabalhadores na Câmara Legislativa entrou, nesta sexta-feira (4/9), com representação junto ao Ministério Público do Distrito Federal para impedir o fechamento das Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) de Brasília.

Os deputados distritais Chico Vigilante, Chico Leite, Cláudio Abrantes, Ricardo Vale e Wasny de Roure assinam a representação para que o Ministério Público atue em face da iminência de fechamento das UPAs pelo Governo do Distrito Federal.
O requerimento informa que, nos últimos dias, o GDF está se preparando para fechar as UPAs, conforme notícias da imprensa e relatos de vários profissionais de saúde que trabalham nesses estabelecimentos de saúde.
O Distrito Federal possui seis UPAs, localizadas em Ceilândia, Núcleo Bandeirante, Recanto das Emas, Samambaia, São Sebastião e Sobradinho. As UPAs funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame.
A Bancada Petista avalia que, ao fechar as Unidades de Pronto Atendimento, o GDF obriga os pacientes a voltarem para os pronto-socorros dos hospitais públicos, sobrecarregando-os, com prejuízo para o que são atendidos nesses hospitais. Outro agravante, é que São Sebastião ficará quase desatendida do serviço público de saúde, já que não possui hospital público.
Deputado CHICO VIGILANTE
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...