sexta-feira, 2 de outubro de 2015

Eleitores do DF não sabem local de votação para conselheiros tutelares



A dois dias da votação para conselheiros tutelares, o eleitor interessado em escolher um representante para sua cidade ainda está confuso. O principal problema é descobrir o local de votação. A Secretaria da Criança disponibilizou o canal 156, opção 9, para resolver a questão, mas o atendimento é instável. A reportagem do Correio Braziliense fez o teste ontem pela manhã. Foram 20 minutos ao telefone, em ligações para três órgãos, sem conseguir descobrir o endereço do pleito. A eleição será no domingo, das 9h às 17h.

O telefone 156 é do Governo do Distrito Federal (GDF). Na primeira tentativa, a operadora de telemarketing afirma que não constam do sistema informações sobre a eleição, e orienta a procurar o Conselho Tutelar da região. Ao entrar em contato com o órgão do Guará, os próprios funcionários admitem que as informações sobre as votações não estão claras. “Não sabemos o local de votação.” Após mais um telefonema, a orientação recebida é comparecer a uma das três opções de escolas entre o Guará I e II, pois a pessoa que estiver no local da votação, no domingo, poderá informar com precisão.

Imbróglio antigo

A confusão em torno da eleição começou em julho. O Tribunal de Contas do DF (TCDF) suspendeu o processo para a escolha dos conselheiros no início do mês. A principal questão: a ausência de processo licitatório para a escolha da empresa que realizaria o processo. Além disso, de acordo com o TCDF, o governo não apresentou justificativa para a dispensa de licitação. Também não parcelou o objeto de contratação, o que teria onerado o processo. Para a Corte, aumentar o número de empresas participantes poderia reduzir os custos do trâmite.

Informações Correio Braziliense
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...