terça-feira, 13 de outubro de 2015

Em Ceilândia, os hidrômetros de casa giram mesmo com registro fechado



Portal G1 - Um morador da QNN 8 em Ceilândia Sul, registrou imagens do hidrômetro de sua casa que, mesmo com o registro fechado e sem vazamentos, não para de rodar. O problema foi verificado também em outras residências da quadra. Ele afirma que a conta, que antes não passava de R$ 200, subiu pra R$ 511 no último mês.

Em nota, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) declarou que moradores que estão com problemas no hidrômetro precisam ligar para o telefone 115 e pedir revisão da conta e verificação do equipamento para saber se não está ocorrendo vazamento.


O assessor parlamentar César Larry contou que a Caesb instalou o equipamento há dois meses e desde então nunca parou de girar. O usuário disse que conseguiu que trocassem o hidrômetro, mas os problemas persistiram.

A camareira Lindalva Ferreira falou que na casa dela ocorre o mesmo problema. Ela disse que desde que o equipamento foi trocado, a conta saltou de R$ 100 para R$ 700, que corresponde a 90% de seu salário.

O problema foi verificado também na casa da auxiliar administrativa Thaísa Maria. No caso dela, a conta dobrou no mês passado, foi pra R$ 290. Ela disse que a casa fica praticamente vazia.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...