sexta-feira, 30 de outubro de 2015

Jovens moradores de Ceilândia fazem oficina de circo com ex-integrante do Cirque du Soleil


O sonho de montar uma companhia brasileira de circo e valorizar artistas do país virou realidade para o artista Gustavo Lobo. Ex-integrante da franquia canadense Cirque du Soleil, o santista rodou mais de cem cidades brasileiras com seu espetáculo Rudá, um sonho real, desde a estreia de sua companhia Rudá. Em cartaz na cidade até domingo com o show, Gustavo tem, nesta sexta, uma missão tão nobre quanto entreter o público. Ele e os demais integrantes do elenco vão oferecer uma oficina de técnicas de acrobacia para 40 jovens moradores de Ceilândia e Fercal que fazem parte do Jovem de Expressão, programa social da Caixa Seguradora. O encontro está marcado às 18h, no Teatro da Unip, local em que estão sendo realizadas as sessões de Rudá.  

Mais do que um encontro artístico, a oficina é uma demonstração de esperança a jovens de 18 a 29 anos que querem investir no mundo da arte. Gustavo tem muito em comum com esses jovens. Ainda criança, em Santos, no litoral paulista, ele integrou um programa social e lá deu os primeiros passos na ginástica olímpica. A dedicação o levou às Olimpíadas de Moscou, em 1980, e a partir daí foi convidado a integrar companhias circenses fora do país.

“Sempre acreditei nos meus sonhos. Mas tive que construir cada um deles com muita dedicação”, afirma Gustavo. “Agradeço a oportunidade de estar com os meninos do Jovem de Expressão e mostrar a eles que tudo é possível quando nos preparamos. Foi para mim, pode ser para eles”, completa.

Além de participar da oficina, jovens do coletivo de fotografia do Jovem de Expressão farão durante todo o fim de semana o making-off da preparação do palco, do aquecimento e da concentração do elenco e técnicos. Depois, estão convidados a assistir ao espetáculo. Rudá, um sonho real, está em cartaz em Brasília nesta sexta, sábado e domingo. Com direção de Gustavo Lobo e roteiro original, a montagem resgata as antigas brincadeiras de infância.

A Companhia Rudá é a concretização do sonho do diretor Gustavo Lobo, que desde a infância gostou da arte circense até entrar na ginástica olímpica. Gustavo fez parte da equipe brasileira nas Olimpíadas de Moscou. Lá, foi descoberto e levado para o Cirque du Soleil, onde participou do processo de criação do espetáculo Corteo, o primeiro a misturar teatro com acrobacias. Cinco anos mais tarde, foi convidado por Daniele Finzi Pasca, diretor do espetáculo canadense, a participar de uma nova criação, o Nebbia, dessa vez de sua companhia Suíça Teatro Sunil, em co-produção com o Cirque Eloize, do Canadá. Depois de dois anos e meio viajando o mundo com o espetáculo, voltou para o Soleil, onde ficou por mais três anos. A saudade do Brasil bateu mais forte e Gustavo resolveu colocar em prática o grande sonho de montar sua própria companhia.

O Jovem de Expressão - A Caixa Seguradora criou o Programa Jovem de Expressão em 2007 para promover a formação e o empreendedorismo para jovens entre 18 a 29 anos, moradores de áreas menos favorecidas e com baixa escolaridade no Distrito Federal. Um dos pilares do programa é gerar conhecimentos, por meio de pesquisas científicas e contribuir na mudança de comportamento para melhorar a qualidade de vida e o desenvolvimento local.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...