quarta-feira, 4 de novembro de 2015

Comandante da PM será demitido hoje (04)


O governador Rodrigo Rollemberg (PSB) tem evitado dar declarações públicas sobre o trabalho da Polícia Militar na desobstrução do Eixo Sul na semana passada que resultou na crise política pelo conflito com professores.

De acordo com blog CB. Poder, ele mandou abrir uma investigação para apurar eventuais falhas e ponto final. Em conversas reservadas, no entanto, o governador admite que avalia como excessos a atuação da corporação. O problema foi a ordem para entrada do choque, pelotão extremo da PM, que atua quando há necessidade de contenção a qualquer custo.
Os métodos utilizados, de deitar professores no chão, retirá-los do carro e até algemá-los, são treinados pelo batalhão. Para integrantes do governo, o erro foi ter acionado o choque.
Mas quem é o responsável? O secretário de Segurança Público e Paz Social, Arthur Trindade, também não foi consultado. O protocolo nesses casos é deflagrar o processo depois de uma ordem superioríssima.
Resultado: o comandante-geral da Polícia Militar, Coronel Florisvaldo César, será demitido hoje (04). Rollemberg deve anunciar hoje um substituto.
Informações CB.Pode / Correio Braziliense
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...