sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

Diretor acusado de atropelar aluno em Ceilândia pede exoneração do cargo


De acordo com com portal Metrópoles, o diretor do Centro de Ensino Fundamental 33 de Ceilândia, acusado de atropelar um estudante de 15 anos após uma briga na unidade de ensino, pediu exoneração do cargo ainda nesta quinta-feira (3/12), data da ocorrência. O pedido foi registrado na Regional de Ensino da região.

O docente, que dava aula de inglês antes de assumir o cargo de chefia, tinha histórico de denúncias de mau relacionamento com professores. Um caso foi registrado na ouvidora da Secretaria de Educação. Agora, o professor, segundo a coordenação da regional, vai ficar longe das salas de aula e assumir funções administrativas na Regional de Ensino de Ceilândia ou na sede da pasta.

A escola precisou de reforço porque, no início deste ano, a equipe da antiga diretoria recebeu ameaças de morte após transferir alunos considerados problemáticos para outras unidades do DF. A diretora foi afastada e o vice pediu para sair. “Acho que alguns estudantes ficaram irritados com a constante presença da polícia no centro de ensino”, explicou Souza destacando que a região tem grandes índices de violência envolvendo adolescentes.
O caso
Um estudante de 15 anos foi atropelado pelo diretor do colégio onde estuda na manhã desta quinta. Segundo testemunhas, o ato foi intencional, motivado por uma discussão entre o jovem e o gestor.

Com a colisão, o rapaz teve as pernas atingidas e colegas chamaram o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para levá-lo ao Hospital Regional de Ceilândia.A gravidade do ferimento não foi informada. A Polícia Civil informou que investiga o caso. A família do estudante também apresentou denúncia na Regional de Ensino.
Informações do portal Metrópoles
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...