terça-feira, 15 de dezembro de 2015

Projeto "Camelô: O Encantador de Ser Gente" estreia em Ceilândia


O palhaço é uma das profissões mais antigas da humanidade. É a figura mítica da espontaneidade. Assim como o palhaço, nas ruas de grandes e pequenas cidades, personagens reais trabalham com a expressão da palavra, do corpo, da ginga, da persuasão e do jogo entre verdades e mentiras, ilusão e recriação. Quem nunca se convenceu a comprar produtos especiais que prometem curar feridas, reumatismo, dor de dente, prisão de ventre, remover calos? Eis o homem da cobra, o profeta, o mágico, o palhaço, o feirante, o CAMELÔ.

É com base na experimentação cênica e na pesquisa e observação das figuras populares dos camelôs de rua, feirantes, curandeiros, emboladores e rezadeiras, que nasce projeto Camelô: O Encantador de Ser Gente. Com patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC-DF) e contemplado com o Prêmio Funarte Artes na Rua 2014, as primeiras apresentações do projeto estreiam nos dias 19 e 20 de dezembro, na Feira de Ceilândia e Feira Permanente de Samambaia, com entrada franca e livre.

O Encantador de Ser Gente nasce para ser um laboratório cênico. A ideia permeia, há anos, o trabalho de Thiago Francisco, idealizador do projeto e brincante do Mamulengo Fuzuê. O objetivo é a construção de figuras a partir da observação de tipos sociais reais que encantam gente e fazem parte do cotidiano brasileiro. A criação também tem como base a troca de experiência entre artistas brincantes e a experimentação de linguagens e expressões cênicas diversas, como mágica, danças e músicas tradicionais, rezas, bonecos de ventriloquia e ditados populares.


Experimentação e registro

A pesquisa prática, construção de roteiros e ensaios iniciaram há quatro meses, unindo Thiago Francisco (Mamulengo Fuzuê), o bonequeiro Chico Simões (Mamulengo Presepada), o mímico Abder Paz e o palhaço e diretor teatral Zé Regino. A partir da criação das figuras, nascem espetáculos itinerantes, com elementos cênicos simples, diretamente ligados ao ambiente de feiras e praças.

“A imposição da cultura de massa pela mídia e o bombardeio ideológico das grandes indústrias tem descaracterizado os folguedos, brincadeiras e personagens populares, que têm sua legitimidade ameaçada”, afirma Thiago Francisco.

Pensando no fortalecimento do palhaço popular brasileiro, O Encantador de Ser Gente propõe não apenas a criação de espetáculos, mas a continuidade da pesquisa, sendo um laboratório aberto a novos palhaços que queiram experimentar o universo dos encantadores de gente. O processo de criação será compartilhado através de minidocumentários e registro fotográfico.


SERVIÇO

Dias:
19.12.15 - Feira da Ceilândia
20.12.15 - Feira Permanente da Samambaia
Horário: 9h e 13h
Entrada: franca
Classificação: livre
Informações: 61 3352.5054


FICHA TÉCNICA

Coordenação Geral: Thiago de Francisco e Suene Karin
Atores Brincantes: Thiago Francisco, Abder Paz e Chico Simões
Músicos brincantes: Rene Bomfim e Maísa Arantes
Preparador Corporal: Abder Paz
Orientação Cênica: Zé Regino
Cenografia e Figurinos: Thaís Sampaio e Áurea Lú
Design Gráfico: Nara Oliveira (Estudio Gunga)
Registro Audiovisual e Edição de Vídeo: Davi Mello (Pareia)
Assessoria de Imprensa: Keyane Dias (Pareia)
Produção Executiva: Suene Karin
Assistente de Produção: Famaliá Produções

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...