segunda-feira, 8 de fevereiro de 2016

32 ocorrências foram registradas nos locais de folia durante o domingo

De acordo com nota do Governo de Brasília, o domingo de carnaval em Brasília terminou com 32 ocorrências criminais registradas nos locais e horários de folia, 70,1% a menos que no mesmo dia do ano passado, quando houve 107 registros. Os dados são da Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social.
O número anotado ontem (7) também é inferior ao de sábado (6), quando houve 44 registros nos blocos carnavalescos. Somente o bloco Raparigueiros reuniu 150 mil foliões, número superior ao público que brincou o carnaval no sábado (100 mil). Vinte e um eventos ocorreram no domingo, 15 deles com estimativa de público acima de mil pessoas.

Das 32 ocorrências desse domingo, seis foram de furtos a pedestres e seis de roubos (quando há ameaça) a pedestres. Houve uma tentativa de homicídio na Estação Central do metrô, na Rodoviária do Plano Piloto. No local, policiais militares encontraram duas pessoas atingidas por golpes de arma branca após uma briga generalizada. Uma delas foi socorrida no Hospital Regional da Asa Norte e outra no Hospital de Base. Com a ajuda de testemunhas, o autor do crime, um jovem de 19 anos, foi preso em flagrante.
As informações referem-se até o fim dos eventos. Caso algum cidadão registre, ao longo do dia, ocorrência relativa aos locais de blocos, o dado constará do balanço consolidado da secretaria, que será apresentado ao término do carnaval.
Trabalharam nos locais de festa 1.414 policiais militares, 120 bombeiros e 120 agentes do Departamento de Trânsito (Detran). A Polícia Civil reforçou o plantão das 31 delegacias do Distrito Federal e do Departamento de Polícia Especializada.
Trânsito

Em operações conjuntas do Detran e da Polícia Militar, até as 2 horas desta segunda-feira (8), 41 condutores foram autuados por dirigir após ingerir bebida alcóolica e 51 por motivos diversos, como falta de documentos e de equipamentos obrigatórios. Além disso, 62 veículos foram apreendidos e cinco motoristas pegos dirigindo sem a carteira de habilitação.

Um motociclista morreu em uma colisão na BR-060, dentro do DF. No centro de Taguatinga, um homem de 25 anos, morador de albergue, morreu atropelado por um condutor que fugiu.

Sábado de paz 

Pelo menos 100 mil foliões foram às ruas no sábado de carnaval (6), de acordo com a Secretaria da Segurança Pública e da Paz Social. Foram registradas 59,6% ocorrências criminais a menos que no mesmo dia de festa do ano passado, com 44 registros nos eventos carnavalescos de todo o Distrito Federal — em 2015, foram 109.
Entre os casos registrados neste ano, houve 26 furtos de objetos diversos, sendo de 12 celulares e 14 de outros itens. Houve ainda cinco roubos a pedestres (quando há ameaça) e um furto no interior de veículo.
A maioria dos registros (36) ocorreu no Plano Piloto, onde também se concentrou a maior parte dos eventos — dos oito blocos de rua com público acima de mil pessoas que desfilaram nesse sábado, seis estavam na região central de Brasília. Para hoje (7), estão previstos 21 eventos.
Para garantir a segurança dos foliões, 1.047 policiais militares, bombeiros e agentes de trânsito trabalharam nos locais de festas. O Departamento de Trânsito (Detran-DF) e a Polícia Militar apreenderam 133 veículos em operações conjuntas e autuaram 25 motoristas por dirigirem alcoolizados. O Corpo de Bombeiros fez 44 atendimentos, dos quais 21 por embriaguez.

Segundo a pasta da Segurança Pública, os dados referem-se até o fim dos eventos. Caso algum cidadão registre, ao longo do dia, ocorrência relativa aos locais de blocos carnavalescos, o dado constará do balanço consolidado, que será apresentado ao término do carnaval.
*Informações Agência Brasília
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...