segunda-feira, 1 de fevereiro de 2016

Ceilândia receberá 12 pediatras, profissionais tomam posse nesta segunda-feira

A rede pública de saúde contará com mais 36 pediatras, a serem lotados no Hospital de Base, no Hospital Materno-Infantil de Brasília e nos Hospitais Regionais de Ceilândia, do Gama, do Paranoá, de Sobradinho, de Santa Maria e de Taguatinga. A unidade que mais receberá profissionais é a da Ceilândia, para onde vão 12 médicos.
Segundo o secretário de Saúde, Fábio Gondim, a contratação vai beneficiar as urgências e as emergências das unidades e ainda será possível reabrir o Centro de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Regional de Santa Maria — fechado desde julho do ano passado por falta de pessoal. Para isso, os profissionais precisarão antes passarem por cursos de reanimação neonatal, cateterismo umbilical, amamentação na sala de parto, ventilação mecânica em prematuros e contato pele a pele.

O grupo, cuja solenidade de posse foi nesta segunda-feira (1º), na sede da Secretaria de Saúde, integra os 63 nomeados em 29 de dezembro de 2015, aprovados em concurso público de 2014. Do restante, 12 pediram final de fila, e os outros não compareceram. A rede pública conta, segundo a Secretaria de Saúde, com 604 pediatras efetivos e 73 temporários.
De acordo com a pasta, no último ano foram nomeados 1.056 concursados para diversas especialidades. Desse total, 758 tomaram posse, e os demais pediram reposicionamento para o fim da fila ou não se apresentaram. Além dos que participaram da solenidade de posse hoje, 70 foram nomeados em 2015. Desses, 25 tomaram posse, e um pediu exoneração. Outros 34 requisitaram reposicionamento de fim de fila, e 11 não se apresentaram.
OUTRAS ESPECIALIDADES - Em 7 de janeiro deste ano, foram nomeados 29 médicos nas especialidades de anestesiologia, clínica médica, gastroenterologia e radioterapia. O prazo de 30 dias para entrega da documentação termina este mês, e as instruções podem ser obtidas no site da pasta.

As nomeações são complemento de convocações ocorridas em 2015, cujas vagas não foram totalmente preenchidas. Os locais de lotação ainda estão sendo definidos.
Segundo o secretário, a pasta estuda a carência na rede para identificar a necessidade de profissionais por especialidade em cada região. "Fazemos um trabalho profundo de dimensionamento da rede, pegando os parâmetros normativos e aplicando-os em cada uma das unidades para que possamos identificar o que necessário contratar".
Lotação dos pediatras
Hospital de Base do Distrito Federal: 1
Hospital Materno-Infantil de Brasília: 3
Hospital Regional de Ceilândia: 12
Hospital Regional do Gama: 2
Hospital Regional do Paranoá: 2
Hospital Regional de Sobradinho: 6
Hospital Regional de Santa Maria: 4
Hospital Regional de Taguatinga: 6

*Informações Agência Brasília
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...