segunda-feira, 29 de fevereiro de 2016

Justiça Comunitária realiza encontro com Rede Social de Ceilândia e Secretário do GDF

Na manhã dessa última quinta-feira, 25/02, o Programa Justiça Comunitária - PJC recebeu em sua sede, na Ceilândia, a reunião da Rede Social daquela cidade. Presentes ao encontro diversos representantes da comunidade e de órgãos do Governo do Distrito Federal - GDF, como o Centro de Referência e Assistência Social - CRAS e o Centro de Referência Especializado de Assistência Social - CREAS, além do Secretário da Secretaria de Estado do Trabalho, Desenvolvimento Social, Mulheres, Igualdade Racial e Direitos Humanos, Joe Valle.

Servidores do PJC e agentes comunitários explanaram sobre a origem do Programa e sobre a sua forma de atuação na comunidade,  que compreende atividades nas áreas de formação e capacitação, atendimento a usuários para esclarecimentos de direitos e encaminhamentos,  mediações comunitárias,  bem como a animação de redes sociais.  A apresentação enfatizou a meta do Justiça Comunitária de formação de pessoas da comunidade para que, voluntariamente, trabalhem pela proposta de autogestão dos conflitos e da resolução desses de forma pacífica. 
Na ocasião, os agentes comunitários Valdeci da Silva, Suely Ribeiro, Manoel Santos Suelenito dos Santos, Diana Costa e Dilsa Arcanjo expuseram suas percepções, a partir de suas experiências, sobre dificuldades encontradas pela população para acessar as políticas sociais, em especial aquela em situação de vulnerabilidade social. O Secretário Joe Valle afirmou que em breve se reunirá com os dirigentes do CRAS e do CREAS para analisar as demandas trazidas, comprometendo-se a voltar à Rede com propostas de melhorias.
A Rede Social de Ceilândia é um espaço democrático de construção de soluções pelo desenvolvimento de Ceilândia baseado no diálogo e na articulação entre instituições, órgãos governamentais e pessoas da sociedade civil. O Programa Justiça Comunitária está entre os seus componentes. As reuniões da rede se dão pela participação voluntária e não hierárquica, com enfoque na construção da cidadania.
Criado pelo TJDFT, o Programa Justiça Comunitária - PJC trabalha com voluntários capacitados para atuarem na região em que moram, e tem como objetivo democratizar a Justiça e promover a cidadania e a resolução de conflitos, de forma pacífica, pelos próprios membros da comunidade. Essa atuação é baseada na mediação comunitária e na articulação de redes sociais, além da educação paras os direitos. 
Assim, o PJC estimula a comunidade a desenvolver mecanismos próprios de resolução de conflitos, por meio do diálogo, participação social e efetivação dos direitos humanos. Os Agentes Comunitários de Justiça, voluntários capacitados, atuam para que a comunidade conheça seus direitos e recursos, mantenha espaços de diálogo e consiga se articular para a resolução das demandas coletivas.
O Justiça Comunitária foi o vencedor da 2ª edição do Prêmio Innovare em 2005, na categoria Tribunal de Justiça, e tem sido apontado como referência nacional pelo Ministério da Justiça.
*Informações TJDFT
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...