domingo, 14 de fevereiro de 2016

Secretaria de Saúde confirma 1.587 casos de dengue em moradores de Brasília

A Secretaria de Saúde registrou 1.587 casos de dengue em moradores de Brasília do início do ano a 11 de fevereiro. Apesar do aumento do número absoluto de casos em relação ao ano passado, houve diminuição na quantidade registrada em fevereiro em comparação às quatro semanas anteriores, com 191 confirmações neste mês. Em janeiro, houve 297, 322, 376 e 401 casos confirmados por semana. Os dados constam no Informativo Epidemiológico nº 6, divulgado nesta sexta-feira (12).
Os casos de dengue apresentaram queda em relação ao mesmo período do ano passado na Asa Norte, na Asa Sul, no Guará, no Lago Norte, no Lago Sul e no Sudoeste. O índice permaneceu estável no Setor de Indústria e Abastecimento (SIA).

Assim como nos boletins anteriores, Brazlândia é a região administrativa com o maior número de confirmações — 420 desde o início do ano. Em seguida, aparecem São Sebastião (176), Planaltina (145) e Ceilândia (133).
O balanço também apresentou o primeiro caso do vírus do tipo 3 da dengue. Segundo o subsecretário de Vigilância à Saúde, Tiago Coelho, o resultado indica que os quatro tipos do vírus estão em circulação no Distrito Federal.

Em relação às ocorrências graves, há confirmação de uma morte em Brazlândia. A secretaria investiga outras três (duas em residentes do DF), suspeitas de dengue grave.
ZIKA E CHIKUNGUNYA - O boletim ainda traz o número de casos de zika e de chikungunya registrados até 11 de fevereiro. O zika vírus foi confirmado em seis pessoas (quatro moradores do Distrito Federal e dois de Goiás). A febre chikungunya continua estável em relação ao último boletim epidemiológico (nº 4), com a confirmação de casos em cinco residentes em Brasília.

Agência Brasília

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...