sexta-feira, 29 de abril de 2016

65 casos de H1N1 são confirmados no DF. Ceilândia foi a região que registrou mais ocorrências

Desde janeiro, 65 pessoas foram diagnosticadas com a influenza A (H1N1). Nesse período, foram notificadas 221 suspeitas de infecção. Os dados constam do Informativo Epidemiológico nº 2, divulgado nesta sexta-feira (29) com informações de domingo (24).
Das ocorrências confirmadas, 55 são graves. Além dos sintomas gripais (febre, tosse, dor de cabeça ou no corpo), esses pacientes apresentam desconforto respiratório. Cinco casos resultaram em morte, uma a mais do que o informado no último boletim, divulgado em 22 de abril. A Secretaria de Saúde investiga se os óbitos foram causados pelo vírus ou por outra doença.

A faixa etária que registra mais ocorrências é a de adultos de 20 a 59 anos (34 episódios) seguida pelas de pessoas de até cinco anos e de idosos (ambos com 12 casos). Seis adolescentes de 15 a 19 anos e uma criança de 10 a 14 anos foram infectados.
Regiões
Ceilândia foi a região administrativa que registrou mais ocorrências, com nove confirmações. Oito moradores do Plano Piloto também foram diagnosticados com o vírus. Em Taguatinga, há quatro infectados, mesmo número registrado em Sobradinho e Sobradinho 2 juntos.

As unidades da rede pública que fazem a vigilância epidemiológica são: Hospital Regional da Asa Norte (Hran), Hospital Materno-Infantil de Brasília (Hmib), Hospital Regional do Gama e Hospital Regional de Santa Maria.
*Informações Agência Brasília
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...