sábado, 9 de abril de 2016

Brasília e Ceilândia disputam vaga na semifinal

As quartas de final do Campeonato Candango de 2016 tem seu início marcado para este sábado (9), com duas partidas. E um dos principais jogos dessa eliminatória será entre Brasília e Ceilândia, às 15h30, no estádio Diogão, em Formosa.

De acordo com a tabela de classificação, este confronto será bem equilibrado, apesar do Ceilândia está invicto na competição. O Colorado terminou a primeira fase no 5° lugar, enquanto o Alvinegro finalizou na 4ª posição, com uma diferença de apenas três pontos. Mas, o regulamento não prevê qualquer vantagem ao time melhor colocado, a não ser o mando de campo na partida de volta.


BRASÍLIA


Bastante irregular durante toda a fase classificatória do Candangão 2016, onde terminou em 5º lugar, com uma reação após o técnico Gauchinho assumir o comando do plantel, a partir da 9ª rodada, a equipe colorada ganhou motivação especial para os dois confrontos diante do perigoso Ceilândia.


Para a árdua missão de eliminar o adversário, o treinador terá de volta jogadores importantes, como o volante Pedro Ayub, o meia Santos, o lateral-direito Dedê, além do também volante Murilo. Todos foram poupados da partida passada por conta dos cartões amarelos.

Apesar de ter sido derrotado na primeira fase por 2 x 1, de virada, pelo Gato Preto, o time está confiante na vitória, mas não trata o duelo como uma revanche. “Não é uma revanche. Vamos entrar em campo sabendo que temos que passar para a próxima fase, independentemente do adversário”, explicou o meia Santos.

CEILÂNDIA


Pelo lado alvinegro, a tendência é que o técnico Adelson de Almeida surpreenda na escalação. As mudanças podem acontecer em dois setores do campo, tendo em vista que alguns jogadores caíram de rendimento nos últimos jogos. Especula-se nos bastidores que o volante Liel e o meia Allan Delon podem começar a partida no banco de reservas. Os possíveis substitutos só serão conhecidos no momento da divulgação oficial da escalação.


Em 2015, o Gato foi eliminado pelo Luziânia exatamente nas quartas de final, com derrota por 2×1 na ida e empate por 1×1 na volta. Em 2014, também nas quartas de final, o time de Adelson de Almeida caiu diante do próprio Brasília, com duas derrotas (2×1 e 1×0).


Apesar de ser um dos dois invictos do campeonato, ao lado do Luziânia, o Gato Preto vem de uma sequência preocupante de três empates seguidos, sendo dois deles sem gols. A equipe do técnico Adelson de Almeida foi uma das equipes que mais empataram na fase classificatória, sete vezes, e venceu apenas em quatro oportunidades. Se serve de consolo, o alvinegro ainda não perdeu.

*Informações Esporte Candango
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...