terça-feira, 19 de abril de 2016

Clima pesado fora de campo para Ceilândia x Brasiliense

O Ceilândia deve estar completo para a partida desta quarta, 15:30h, no Regional, diante do Brasiliense. Alguns jogadores preocupavam, casos de Liel, Didão e Léo. A única preocupação efetiva é a de um dos destaques do time na competição, Filipe Cirne. O meia reclama de dores no joelho.
Assim, o time que vai enfrentar o Brasiliense é uma equipe muito diferente daquela que enfrentou o adversário em fevereiro. Ambos os times mudaram quase cinquenta por cinco do time-base nas últimas rodadas.

Há um equilíbrio entre Ceilândia e Brasiliense nos jogos decisivos. Na última vez que os times se enfrentaram no Regional em jogo de mata-mata houve muita reclamação do Ceilândia com relação à arbitragem tolerante de Vanderlei Soares. Naquela ocasião, disputando a final da Taça Mané Garrincha, o jogo terminou empatado em 1 x 1.
O regulamento da competição previa que Luziânia e Ceilândia se enfrentariam nas semifinais. De última hora, o Luziânia foi imensamente prejudicado com a interpretação dada pelos dirigente: líder disparado da competição, vai ter que enfrentar o Gama ainda por cima fora de casa!

O discurso para os lados da Cidade do Gato é de tranquilidade, ao menos dentro de campo. Fora de campo e  não sem uma boa dose de razão os dirigentes condenam tentativas de impor uma final Brasiliense e Gama.
Enquanto isso,  o time parece se colocar alheio às manobras extracampo.
*Informações CEC
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...