domingo, 1 de maio de 2016

Comunidade e governo se unem para revitalizar praça no Sol Nascente, em Ceilândia

Servidores públicos, moradores e integrantes de movimentos sociais uniram-se, na tarde deste sábado (30), para revitalizar uma área na Quadra 501 do Trecho 1 do Setor Habitacional Sol Nascente, em Ceilândia. Cerca de 150 pessoas participaram da ação organizada pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional do Distrito Federal (Codhab). O local fica próximo a um ponto de encontro comunitário. 

Um parquinho, lixeiras, bancos, canteiros e outras estruturas deixaram o lugar mais agradável. "A própria comunidade se mobilizou para mudar o aspecto da região e demonstrou que quem tem iniciativa consegue alcançar seus objetivos", parabenizou o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, que acompanhou o mutirão.

A Codhab batizou o projeto de Ações Urbanas Comunitárias. A primeira edição ocorreu entre novembro e dezembro do ano passado, também no Trecho 1 do Sol Nascente. Segundo o presidente da companhia, Gilson Paranhos, trata-se de uma atividade participativa desenvolvida pela equipe de assistência técnica, arquitetura e urbanismo da empresa. "O intuito é transformar coletivamente o espaço público, conectando governo e sociedade", destacou.

O trabalho foi feito em uma área de aproximadamente 1 mil metros quadrados. Além da Codhab e da comunidade, apoiaram a ação a Agência de Fiscalização do DF (Agefis), a Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) e o Serviço de Limpeza Urbana (SLU). A Federação das Indústrias do DF (Fibra) doou as tintas.

Rollemberg colaborou com a revitalização plantando uma muda de ipê. Ele aproveitou o encontro para ouvir as demandas da comunidade durante uma galinhada preparada pelos moradores. "O Sol Nascente é uma das regiões prioritárias. Temos feito constantes visitas para acompanhar as obras de pavimentação e drenagem”, ressaltou o governador.

Investimentos
O conjunto de intervenções no Sol Nascente vai beneficiar os cerca de 100 mil moradores do setor. As obras se iniciaram em fevereiro do ano passado pelo Trecho 1, o que tem o andamento das benfeitorias mais avançado. O investimento total será de R$ 187,6 milhões e está inserido no plano de obras que o governo divulgou no segundo semestre do ano passado. Os recursos são da Caixa Econômica Federal (95%), com contrapartida do Executivo local (5%).


Acompanharam a revitalização o secretário de Gestão do Território e Habitação, Thiago de Andrade; o administrador de Ceilândia, Vilson José de Oliveira, e a deputada distrital Luzia de Paula (PSB).
*Informações Agência Brasília
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...