domingo, 12 de junho de 2016

Ceilândia estreia na Série D 2016 neste domingo contra o Comercial-MS


O Ceilândia estreia no Campeonato Brasileiro da Série D neste domingo, 16h, contra o Comercial de Mato Grosso do Sul. A última vez que o Ceilândia disputou a Série D foi em 2012. Naquela ocasião o Gato Preto foi eliminado pela Friburguense. O jogo valia pela semifinal da Região Centro Sul  e o vencedor decidiria a vaga contra o CRAC.
A experiência do Ceilândia na competição demonstra que a Série D é uma competição completamente diferente do campeonato local. Embora na maior parte das vezes tenha feito boas campanhas em competições nacionais, o Ceilândia já passou por dissabores contra times desconhecidos. Em 2006, por exemplo, perdeu as duas partidas diante do SER Chapadão, tanto em Mato Grosso quanto no Regional, jogos então válidos pela Série C.
Para a partida deste domingo, o técnico Adelson de Almeida levará a campo uma equipe que vem treinando desde 17 de maio. Pode não ser o tempo ideal, mas com certeza é um período muito superior àquele em que vem treinando o seu adversário de amanhã. Do lado alvinegro há muitas novidades. A mais importante é a contratação do experiente Baiano. Adelson deve montar um esquema de jogo que permita a Baiano explorar toda a sua experiência.
A defesa alvinegra foi bem no campeonato local, mas a cabeça de área sofreu importante alteração com a saída de Liel. Didão deve desempenhar o papel de Liel no aspecto defensivo. Klécio sai para o jogo e pode surgir como surpresa no ataque.
Por falar em ataque, o Ceilândia passou o ano à procura de um goleador. Gilvan e Matheuzinho podem começar jogando. Nos jogos-treinos, o Ceilândia ficou devendo ofensivamente. Há poucas informações sobre o Comercial. O time pantaneiro começou seus treinamentos há pouco tempo. Deve vir com uma proposta defensiva e o Ceilândia já demonstrou nos treinamentos que ainda não está maduro o suficiente para enfrentar times com esse tipo de proposta.
O Ceilândia tem consciência que investiu alto para a Série D, mas sabe também que a fórmula de disputa privilegia apenas o primeiro colocado do grupo. Em outras palavras: não há espaço para tropeços.
Informações CEC

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...