segunda-feira, 27 de junho de 2016

Universidade Pública do Distrito Federal já é realidade para alunos de Ceilândia


A Universidade Pública do Distrito Federal já é uma realidade e seu primeiro curso será o de licenciatura em Pedagogia. As aulas já devem começar em 5 de setembro, para 180 alunos, em três cidades: Ceilândia, Gama e Planaltina. A seleção será a partir de notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2015), em agosto.
A homologação da Escola Superior de Magistério (ESM) foi publicada no Diário Oficial do DF nesta segunda-feira (27) e, com isso, a instituição se torna a primeira da Universidade Distrital. Ela será mantida pela Fundação Universidade Aberta de Brasília (Funab), que está em processo final de seleção dos professores. 
"Essa é uma vitória de todos os brasilienses. Um sonho que está na nossa Lei Orgânica e que, enfim, sai do papel. Temos muito o que comemorar. Esse é só o primeiro curso de muitos, tenho certeza", afirmou o presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Universidade Pública do DF, deputado Claudio Abrantes (Rede).
A ESM funcionará em três escolas públicas, em horário inverso ao das aulas normais curriculares da rede pública. Receberão 60 alunos cada o Centro de Ensino Médio 2 da Ceilândia,  a Escola Classe 22 do Gama e  o Centro de Ensino Fundamental 2 de Planaltina.
Professores
O grande diferencial do curso será o ensino totalmente voltado para a prática e realidade das escolas do DF. Serão selecionados 18 professores tutores - que farão o ensino do conhecimento nas salas de aula da ESM - e cerca de 40 professores preceptores - aqueles que recepcionarão os universitários no campo prático de trabalho, as escolas públicas do DF. 
O sistema é parecido com o da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS), na qual a Funab se inspirou para a criação da Universidade Pública do DF. 
Às duas devem se unir, em breve, a escolas superiores de Gestão Pública, de Segurança e de Música. Elas serão criadas a partir de parcerias que já estão em andamento com a Escola de Governo (Egov), a Academia de Polícia Civil do DF e a Escola de Música do DF, respectivamente. 
Seleção
A seleção dos alunos pelo Enem vai simplificar e dar mais transparência ao processo inicial de criação da ESM.

Serão aplicados filtros às notas dos inscritos - 40% das vagas serão destinadas a estudantes da rede pública do DF, 10% para alunos da Região Integrada de Desenvolvimento do Distrito Federal e Entorno (Ride/DF) e também haverá uma cota racial (em estudo).

As inscrições serão abertas em agosto. 
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...