sábado, 16 de julho de 2016

Vice-governador Renato Santana terá que oficializar denúncia de corrupção no GDF, diz Rollemberg


O governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, informou em nota que determinou à Controladoria-Geral do DF que tome todas as providências concernentes à reportagem da edição 2432 da revista Isto É, que cita um diálogo no qual o vice-governador Renato Santana revelaria ter conhecimento de uma suposta cobrança de propina no governo de Brasília. E determinou também que a Polícia Civil abra imediatamente uma investigação para apurar o caso. O governo de Brasília também encaminhará ao Ministério Público um pedido de investigação.

De acordo com a nota, a reportagem não aponta quem praticou ou quem se beneficiou das supostas ações criminosas. O vice-governador Renato Santana chegou a se referir à possibilidade de haver irregularidades na secretaria de Fazenda, mas a apuração feita imediatamente pelo governo não identificou o nome citado por ele no quadro de servidores da Secretaria de Fazenda. Por isso, o governo de Brasília está solicitando ao vice-governador Renato Santana que oficialize os supostos casos de corrupção de que teria conhecimento, detalhando os nomes dos envolvidos e os respectivos contratos firmados com o governo de Brasília.

O governador Rodrigo Rollemberg decidiu ingressar com uma queixa-crime contra a presidente do Sindicato dos Empregados em Estabelecimentos de Serviços de Saúde (SindSaúde), Marli Rodrigues, pelas palavras difamatórias com que ela se referiu a ele nas gravações publicadas pela imprensa.

Por orientação do governador Rodrigo Rollemberg, a Controladoria-Geral do DF tem agido de forma preventiva e, na ocorrência de denúncias, com a rapidez necessária para apurar e evitar possíveis prejuízos aos cofres públicos.

O governo de Brasília afirmou que não compactua com nenhum desvio no que se refere à boa gestão dos recursos públicos.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...