quarta-feira, 13 de julho de 2016

Primeiros cursos da Universidade Pública do DF serão oferecidos em Ceilândia



A Escola Superior de Magistério, primeira da Universidade Pública do DF a ser criada, seguirá o modelo de sucesso adotado pela Escola Superior de Ciências de Saúde (ESCS) nos cursos de medicina e enfermagem. 

Há 15 anos no mercado, a ESCS está entre as principais faculdades de medicina do país como uma das duas únicas que teve por três vezes seguidas - 2007, 2010 e 2013 - nota máxima no Exame Nacional do Estudante (Enade)/MEC.

A principal diferença dos cursos é a metodologia voltada para o trabalho. Desde o primeiro semestre de estudo, os alunos vivem a realidade do mercado dentro dos hospitais - no caso da ESCS - e dentro das escolas - no caso da ESM. 

"A ESCS atingiu a excelência que tem hoje por pensar a educação em cima de problemas reais e com os estudantes vivendo a realidade dos hospitais todos os dias. Ele se forma sabendo exatamente o que vai encontrar", explica o diretor-executivo da Fundação Universidade Aberta de Brasília (Funab), professor Mourad Ibrahim. 

Secretaria de Educação

A Funab é a entidade que cuidará da manutenção da Escola Superior de Magistério e das próximas que forem criadas - todas embriões da Universidade Pública do DF. 

A docência seguirá o modelo revolucionário já experimentado na ESCS. Ao invés da aula tradicional, com o professor a frente de uma turma passiva, a ESM contará com professores/tutores que nada mais são do que professores experientes, em sala de aula da rede pública, responsáveis pela condução da resolução de problemas.

Outra diferença central se dá com os professores/preceptores, denominação atribuída aos docentes da Secretaria que receberão os alunos da ESM em seu ambiente de trabalho. Para tanto, contarão com uma formação inicial básica, além de sistematizados processos de formação continuada, para orientá-los na condução dos universitários.

Serão selecionados 18 professores/tutores e 40 professores/preceptores da Secretaria de Educação, pois, teoria e prática nunca se separam no modelo que será adotado.

Pedagogia

O primeiro curso da ESM será de pedagogia. Serão ofertadas 180 vagas em três cidades diferentes: Ceilândia, Gama e Planaltina. 

A universidade funcionará em prédios de escolas públicas já existentes, em horários contrários aos das aulas dos alunos da rede pública. 

O processo seletivo será feito com base nas notas do último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2015), em agosto, e as aulas terão início em setembro. 

*Imagem reprodução web
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...