segunda-feira, 11 de julho de 2016

Sem salário e vale transporte, funcionários da limpeza dos hospitais e escolas do DF entram em greve


Cerca de três mil auxiliares de serviços gerais na limpeza e conservação dos hospitais, posto de saúde e escolas públicas do Distrito Federal (DF), empregados das empresas Apecê, Juiz de Fora, Dinâmica, Servegel e Ipanema contratadas pelo Governo do Distrito Federal (GDF), ainda não receberam o salário e vale transporte referente ao mês de junho.

Nesta segunda-feira (11), a partir das 7 horas da manhã, vão se concentrar nas entradas principais do Hospital de Base de Brasília (HBB) e cruzar os braços até que seus direitos sejam respeitados.  

Ato de Protesto na Praça do Buriti
Caso não recebam os seus vencimentos, na terça-feira (12), a partir das 8 horas da manhã, a direção do Sindiserviços-DF, sindicato que representa os trabalhadores terceirizados no DF, estará realizando ato protesto Praça do Buriti que contará com a participação dos sindicatos vinculados à Central Única dos Trabalhadores – CUT Brasília .  

Os trabalhadores vão cobrar do governador Rodrigo Rollemberg (PSB/DF) a falta de fiscalização do GDF nas empresas que contrata e que constantemente atrasam os vencimentos dos trabalhadores terceirizados; a política nefasta da demissão de centenas de pais e mães de famílias, o que tem ocasionando adoecimento nos trabalhadores que ficam devido à excessiva carga de trabalho; a falta do pagamento do reajuste salarial e o aumento do tíquete alimentação que foi conquistado pela categoria na Data-Base de janeiro deste ano, juntamente com a inadimplência da implantação do plano de saúde dos trabalhadores, conforme determina a Convenção Coletiva de Trabalho (CCT).


Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...