sexta-feira, 5 de agosto de 2016

Estudante de Ceilândia vence concurso nacional com poesia sobre Maria Bethânia


Homenageada no Prêmio da Música Brasileira e até em enredo de escola de samba, a cantora Maria Bethânia também foi tema de uma poesia escrita por um estudante do Centro de Ensino Médio 02 de Ceilândia. Com “Bethânia, a voz do sertão”, Werickson Reis, de 17 anos, ganhou um concurso nacional e teve a oportunidade de ver seu texto publicado em um livro dedicado à baiana.

“No início do ano, um fã-clube baiano organizou esse concurso e abriu o edital para todo o país. Como eu já era fã da Bethânia, já acompanhava e gostava do trabalho dela e também gostava de poesia, resolvi mandar uma minha”, conta o aluno. O resultado saiu no mês de julho. Vinte e cinco textos foram selecionados para compor o livro “Poesias para Maria”. Além de um exemplar da publicação, os autores escolhidos também receberam uma medalha e um certificado. “Fiquei bem feliz, explodi de alegria”, celebra Werickson.

Foi a primeira vez que o garoto teve um texto seu publicado. Mas não deve ser a última. Agora, o estudante – que tem os poetas portugueses, como Fernando Pessoa e Sophia de Mello Breyner, entre suas principais referências – pretende publicar um livro só com poemas de sua autoria. Werickson, que está no 3º ano do Ensino Médio, também planeja graduar-se em Letras e sonha com a possibilidade de a própria Maria Bethânia ler a poesia que lhe rendeu o prêmio no concurso nacional. “A gente já até deu autorização para ela usar os textos quando quiser”, enfatiza.

Emocionada, a mãe de Werickson, Sandra Sousa, de 42 anos, se diz orgulhosa da conquista e lembra que sempre o incentivou a estudar. “Eu não tive muita oportunidade. Então sempre busquei plantar no coração dos meus filhos que a única maneira de erradicar a pobreza da vida é através dos estudos. Não tem outro jeito. Ele não vai ganhar uma grande herança ou um prêmio de loteria. E eu fiquei muito orgulhosa, até agora me emociono, porque lembro dele pequeno, pedindo para ouvir música do Tim Mais. Ele sempre gostou de estudar, sempre foi um bom filho. E é muito gratificante, porque, com meu filho vencendo, eu me sinto vencedora também”, afirma.


A professora Fernanda Rocha, que ministra aulas de Língua Portuguesa para Werickson, também ressalta as qualidades do estudante. “É um bom aluno, que gosta muito de escrever. É observador, tem boas notas em redação e nota-se nele o hábito da leitura. Fico muito orgulhosa pela participação dele no concurso, ele costuma escrever muito, mas é muito discreto, não é de muita conversa. Por isso, nem chegou a comentar nada sobre essa disputa”, diz. “Acho ele um excelente aluno, educado e estudioso. Acredito que ele vai longe, porque é determinado e luta por seus objetivos”, finaliza a docente.


*Informações Secretaria de Educação GDF

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...