quinta-feira, 1 de setembro de 2016

Dia Nacional do Cerrado será celebrado com cinco dias de atividades ambientais e culturais em todo DF

Entre os dias 7 e 11 de setembro o Distrito Federal será palco da segunda edição da Virada do Cerrado. A atividade é uma iniciativa da Secretaria do Meio Ambiente do Governo do Distrito Federal - SEMA, do Comitê Criativo da Virada do Cerrado e do Fundo Único de Meio Ambiente– FUNAM. Mais de trinta organizações não governamentais, universidades, secretarias do Governo de Brasília, além do Sebrae-DF e do Ministério do Meio Ambiente fazem parte do comitê de organização do evento. Além deste, foram criados os comitês criativos nas regionais administrativas do DF para organizar atividades locais.

A Virada do Cerrado é um grande programa colaborativo de mobilização e educação ambiental que promove atividades socioambientais, educativas, esportivas e culturais, integrando o poder público com organizações da sociedade civil e do setor privado em um movimento pelo equilíbrio ambiental do Distrito Federal. 

Este ano a Virada traz como tema principal as mudanças climáticas, principal desafio da humanidade na atualidade. Também conhecida como aquecimento global, a mudança climática se dá pelo aumento de temperatura média global, causando desde chuva inesperada a ondas de calor extremas. O processo de aquecimento está acontecendo muito mais rápido do que antes, e este rápido aquecimento é causado pelo aumento dos níveis de emissões criadas pelo homem.

Para sensibilizar os visitantes de maneira lúdica e educativa para estas questões, serão realizadas ações ligadas aos quatro elementos da natureza: Terra, Água, Fogo e Ar – promovendo a reflexão sobre o reflorestamento, preservação dos rios e nascentes, práticas de contenção do fogo, mobilidade urbana e poluição do ar.  Na prática, estamos falando de Tendas Temáticas dos quatro elementos que estarão compondo a programação do dia 11 de setembro, no Parque da Cidade. Um dos destaques da programação é a Feira de Troca de Sementes e Mística Indígena dos Povos Fulni-ô (Santuário dos Pajés) que acontecerá na Tenda Terra às 9h, assim como a mesa de Diálogos sobre Mudanças Climáticas, que acontecerá na Tenda Ar, às 15h, tendo como participantes o Secretário de Meio Ambiente do DF André Lima, a ex ministra do Meio Ambiente Marina Silva, a empreendedora social e coordenadora do Engajamundo Raquel Rosenberg e Adriana Ramos, do Instituto Socioambiental.

Além da programação no Parque da Cidade, a programação da Virada deste ano incluem mais de 300 atividades em varias regiões do DF, como rodas de conversa, shows, oficinas, palestras, mutirões nos parques, feiras agroecológicas, caminhadas, corridas, bicicletadas, contação de histórias, circuito de ciências, cine ambiental, teatro, passeios ecológicos, entre outros. Vinte e oito regiões estão confirmadas na edição deste ano, inclusive em Padre Bernardo, Goiás. Águas Claras, Brazlândia, Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Estrutural, Fercal, Gama, Guará, Itapoã, Jardim Botânico, Lago Norte, Lago Sul, Paranoá, Park Way, Parque da Cidade, Planaltina, Plano Piloto, Riacho Fundo I e II, São Sebastião, Samambaia, Santa Maria, SIA, Sobradinho, Sudoeste, Taguatinga e Varjão são os locais que tem atividades programadas.

A abertura da Virada do Cerrado será no dia 7 de setembro, às 9h no Parque das Garças - Lago Norte. A programação do dia envolverá atividades esportivas, de qualidade de vida e atrações culturais. Circuito de Natação Ecológica, Aula de Yoga, shows, oficina de degustação de sucos detox e atividades infantis são algumas das atrações que o público pode participar. Também no dia 7, das 9h às 12h o Mercado Sul de Taguatinga estará recebendo o Mutirão no Beco. Os interessados participarão de uma oficina de compostagem e hortas agroflorestais. Neste mesmo dia a Pedra Fundamental de Brasília comemora 94 anos desde que foi instalada, em Planaltina. Para comemorar este marco, a partir das 8h30 será realizada a Caminhada Ecomuseu Pedra Fundamental: travessia literário-musical, com poesia e sensibilização pelo cerrado. A concentração será na Praça do Museu.
No dia 8 de setembro, das 11h às 14h o público de Sobradinho poderá degustar pratos inspirados no Cerrado: é o Chef nos Restaurantes Comunitários. Aqui chefes de cozinha renomados estarão ensinando as equipes dos restaurantes comunitários a preparar o prato do dia inspirado em sabores do Cerrado. Os pratos preparados serão servidos à comunidade a preços acessíveis.

Abrigando 30% da biodiversidade brasileira, o Cerrado guarda nascentes das três maiores bacias hidrográficas da América do Sul: São Francisco, Araguaia-Tocantins e Prata, por isso é conhecido como o “Berço da Águas”. Para questionar o modelo atual de exploração deste bioma e dar visibilidade às ações que promovem a preservação do Cerrado, o Centro de Excelência do Cerrado – Cerratenses realizará no dia 9 de setembro reunião especial do Fórum Aliança Cerrado. Nesta reunião serão assinados o decreto de criação do Programa Piloto Recupera Cerrado DF e o decreto de criação do Comitê Distrital da Reserva da Biosfera do Cerrado no DF.  O Cerratenses fica no Jardim Botânico de Brasília, e a atividade será realizada das 14h30 às 18h.

Programação Cultural

No dia 11 de setembro as atividades serão concentradas no Parque da Cidade. Feira de Produtos do Cerrado e Tecnologias Sustentáveis, Exposições, Oficinas, Food Bikes e Truck Foods são atividades que acontecerão das 9h às 18h. A partir das 16h a Virada do Cerrado receberá grandes atrações culturais da cidade. Um dos principais pioneiros na recente expansão do uso da viola no Brasil, Roberto Correa volta aos palcos da cidade para apresentar sua versatilidade artística. Além do violeiro os grupos Mestre Zé do Pife e as Juvelinas, Maria Sabina & a Pêia, Pé de Cerrado, as bandas Beat Movement, Trio Madrake e a cantora Emília Monteiro se apresentam no palco da Virada. Os shows acontecem até as 22h, encerrado a programação da Virada 2016.

Para acessar toda a programação da Virada do Cerrado e saber mais: http://tonavirada.org/programacao

SERVIÇO
Virada do Cerrado 2016
Quando?  7 a 11 de setembro de 2016
Onde?  7 a 10 de setembro em *28 regiões do DF | 11 de setembro no Estacionamento 10 do Parque da Cidade
Quanto?  Entrada franca

*Águas Claras, Brazlândia, Candangolândia, Ceilândia, Cruzeiro, Estrutural, Fercal, Gama, Guará, Itapoã, Jardim Botânico, Lago Norte, Lago Sul, Paranoá, Park Way, Planaltina, Plano Piloto, Riacho Fundo I e II, Samabaia, Santa Maria, São Sebastião, SIA, Sobradinho, Sudoeste, Taguatinga, Varjão e Padre Bernardo - GO 

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...