Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quarta-feira, 23 de novembro de 2016

População aproveita primeiro dia de café da manhã no restaurante comunitário do setor QNR de Ceilândia



[Agência Brasília] Um pão com manteiga, uma caneca de café com leite sem açúcar para não ganhar peso e uma banana fresca. Assim ficou a bandeja do militar da reserva Deocleciano Oliveira, de 62 anos. O morador de Ceilândia foi o primeiro cliente a se servir do café da manhã no Restaurante Comunitário do setor QNR em Ceilândia nesta quarta-feira (23). “Comida boa, barata e de qualidade”, avaliou. “Almoço aqui diariamente há mais de seis meses e, a partir de agora, vou acordar cedo para pegar o café bem quente.”

Nesta manhã, foram vendidos cerca de 90 pratos. A expectativa é que esse número aumente nos próximos dias, quando a novidade começar a se espalhar pelo setor habitacional. A capacidade da unidade é servir 1,5 mil pessoas diariamente.
O operador de telecomunicações Joerte dos Santos Silva, de 38 anos, economizou R$ 7 hoje. Ele foi com o filho Kaleb, de 9 anos, tomar o café da manhã. “Nós dois comemos e gastamos R$ 1. Diariamente, são R$ 8 na padaria”, comparou. Para que o cidadão possa pagar R$ 0,50 pela refeição matinal, o governo de Brasília arca com o subsídio de R$ 1,11 por pessoa.
O preço da refeição é R$ 0,50 para todos os clientes, e o horário de atendimento, das 6h30 às 8 horas, de segunda-feira a sábado. O novo serviço começou hoje na unidade que fica na Quadra QNR 1, Área Especial 2. Ela é a primeira a oferecer a refeição matinal.
O cardápio nos próximos dias contará sempre com um item de panificação, leite, café e uma fruta. Assim como no almoço, o cidadão pega sua bandeja e se serve com o auxílio dos funcionários.
*Agência Brasília, com adaptação.