Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 8 de dezembro de 2016

Presa quadrilha responsável por explosões de terminais bancários no DF


A Delegacia de Roubos e Furtos (DRF) da PCDF deflagrou hoje a 3ª Fase da Operação Specchio, que visa desarticular organizações criminosas compostas por indivíduos do Distrito Federal, de Goiás e de Minas Gerais envolvidos em explosões de terminais bancários.

De acordo com o delegado-titular da DRF, Fernando César Costa, existem dois grupos atuando nesse tipo e crime, os quais são responsáveis por 80% das ocorrências de explosões de caixas eletrônicos aqui no Distrito Federal. “Isso não significa que os outros 20% não estão sendo investigados”, explicou. 

Só este ano foram nove explosões a terminais bancários. A primeira atuação desse grupo foi no dia 8 de junho em um terminal do BRB da Ceilândia. No dia 22 de novembro, após a explosão de terminais do BRB da Samambaia, a DRF começou a desarticular os grupos criminosos, compostos por cerca de dez pessoas cada um. Nessa ocasião, foi presa em flagrante Vanessa Cristina Camilo da Silva, 27 anos, cujo veículo foi utilizado para a prática criminosa.

Vanessa é casada com Carlos André de Lima Mendes, 33 anos, o qual foi preso hoje na cidade do Paranoá e já tem passagens por roubos aqui no DF. 

Nesta semana também foram presos José Weberson Pereira Simão, 31 anos, e Isaak de Morais Arruda, 38 anos. Os dois estavam em Prisão Domiciliar por crimes cometido aqui no DF e foram presos em Natal (RN) com o apoio da Polícia Rodoviária Federal. 

O delegado acrescentou que esses criminosos costumam deixar o DF após terem a prisão decretada, mas voltam à cidade apenas para cometer crimes. “É alta a reincidência na prática de crimes contra o patrimônio”, esclarece.

O nome da operação Specchio (espelho em italiano) foi escolhido em virtude de os criminosos colocarem dois explosivos nos caixas eletrônicos, um em cada lado, de forma espelhada. 

*Informações Divicom PCDF