Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2017

Aluna de Ceilândia que alega nota mil em redação do Enem registra ocorrência contra Inep


[Do G1-DF] O diretor de tecnologia do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Camilo Musse, descartou nesta quarta-feira (1º) a possibilidade de que o sistema de divulgação das notas do Enem tenha sido 'hackeado' ou adulterado. A auditoria foi realizada depois que uma estudante do Distrito Federal anunciou ter tirado 'nota mil' na redação do exame, quando o boletim de desempenho no sistema apontava nota de 460.

"Ela acessou via celular da mãe, procurou as notas do Enem, e recebeu a informação que ela mostrou pros jornalistas, onde ela tinha mil na redação e outras notas acima das reais. Fizemos uma auditoria, e as notas foram sempre as mesmas, menores que a desse print [captura de tela]. Isso nos leva a pensar na possibilidade de um vírus no celular dela", diz Mussi.

Em nota enviada anteriormente, o Inep afirmou que pode acionar a Polícia Federal para investigar o caso, mesmo sem indícios fortes de alguma adulteração no sistema do Enem 2016. Segundo Mussi, o vírus pode ter reencaminhado o acesso da estudante para uma página hackeada, a exemplo do que ocorre em fraudes bancárias.

Essa invasão, segundo o Inep, não afetou o site do governo. "Não há nenhuma possibilidade. Por toda a investigação que fizemos até o momento, isso se mostra impossível. Todas as notas têm um histórico de mudança, podendo ser periciadas a qualquer momento", declarou o gestor.

Nesta quarta, o Ministério da Educação (MEC) informou que vai solicitar ajuda da PF para investigar outras suspeitas de fraude – essas, relacionadas ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa as notas do Enem, mas tem banco de dados independente.

A estudante, Gabriela Ribeiro de Souza, foi à 23ª Delegacia de Polícia (Ceilândia Sul) nesta quarta, acompanhada da mãe. Na saída, a jovem disse que a corporação não deu prazos, mas deve abrir uma investigação na 1ª DP (Asa Sul).