Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 23 de fevereiro de 2017

Polícia prende dona de farmácia em Ceilândia vendendo remédios do GDF


Dois proprietários de farmácias foram presos hoje (23), às  15h30, em Ceilândia, por tráfico de substância entorpecente (remédio controlado sem autorização legal) e receptação qualificada de medicamentos  desviados da Secretaria de Saúde do Distrito Federal.

As prisões foram efetuadas pela Coordenação de Repressão a Fraudes da Polícia Civil do Distrito Federal.

A operação foi realizada na Popular Farma, onde foram encontrados medicamentos pertencentes ao Governo do Distrito Federal, e na Farmácia do Trabalhador, na qual o dono guardava remédios para cuja venda não tinha autorização da Agência de Vigilância Sanitária. 

Foram presos Rita Verônica de Sousa Rocha, dona da Popular Farma, e Alisson  Guilherme de Sousa Beserra, da Farmácia do Trabalhador, situadas no Setor M, QNM 17, Conjunto H, Lote 50, Lojas 48 e 50, Ceilândia Sul.


A ação policial se deu após recebimento  de denuncia anônima via Delegacia Eletrônica. A Corf explicou que, em razão da impossibilidade de conseguir presenciar os crimes denunciados e tampouco visualizar as substâncias no interior das drogarias, os agentes estabeleceram contato com a Vigilância Sanitária do DF para agendar uma inspetoria. Fiscais da Visa entraram nos estabelecimentos para inspecionar, enquanto os policiais aguardavam na área externa, em frente ao Hospital de Ceilândia. Após os fiscais  detectarem os ilícitos mencionados na denúncia, a autoridade policial e os agentes entraram para as providências cabíveis.