Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

sábado, 6 de maio de 2017

PM evita suicídio de 4 adolescentes que participavam do Baleia Azul em Ceilândia



Quatro adolescentes com deficiência auditiva foram impedidos pela Polícia Militar de cometer suicídio. Segundo a PMDF, por volta de 16h35 desta sexta-feira (5/5), os militares abordaram os jovens em atitudes suspeitas ao lado de uma parada de ônibus na BR-070, próximo ao Condomínio Privê. Todos eles estavam chorando muito e se abraçavam o tempo todo, de acordo com a corporação.
Como havia dificuldade na comunicação, pois os jovens falavam apenas em libras, os militares entregaram uma folha de papel a um deles. A moça, então, escreveu “Baleia Azul” e pediu para que eles fossem ao colégio, Centro de Ensino Especial 2, e buscassem uma intérprete.
Os policiais seguiram para o local com os jovens. Na escola, a intérprete conversou os alunos e informou que todos eles estavam participando do jogo. Segundo o tenente Carvalho Santana, dois deles pareciam estar mais propensos a tirar a própria vida. Uma garota que integrava o grupo ficou sonolenta e dizia estar vendo vultos no meio da BR-070. Outro menor, como contaram os adolescentes, precisou ser carregado e retirado da via.
Ainda na escola, os pais dos adolescentes foram chamados para buscá-los. A polícia os orientou a procurar acompanhamento médico para o jovens. Segundo o tenente Carvalho Santana, foi feito apenas um registro interno do ocorrido. “O ideal seria identificar o autor das mensagens, mas, nesse caso, os militares estavam mais preocupados em acalmar e ajudar os jovens”, disse.
*Com informações do Portal Metrópoles PMDF