Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

quinta-feira, 1 de junho de 2017

Polícia prende quadrilha que praticava roubos em Ceilândia e Taguatinga



Nesta quarta-feira (31), agentes da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos (DRF/PCDF) conseguiram desarticular uma quadrilha que vinha praticando crimes na região de Taguatinga e Ceilândia. O grupo era formado por quatro homens e uma mulher, todos com passagens pela polícia. São eles: J. C. d. S., 40 anos; R. C. Q., 29; W. d. O. B., 29 anos; J. V. A. d. S., 19 anos; A. d. S. P., 22 anos.
Em entrevista coletiva, o delegado-chefe da DRF, Fernando Costa, explicou que receberam informação de que o grupo iria cometer um roubo à residência na região da M Norte, em Taguatinga, no entanto sem o endereço exato. Passaram a patrulhar a localidade, momento em que observaram um VW Voyage, cor preta, com cinco pessoas dentro (sendo uma delas mulher). Instantes depois viram o mesmo veículo circulando, desta vez com apenas um integrante. Desconfiados, os agentes abordaram o condutor, Wilian Bastos, o qual confessou a ação do grupo, indicando o local do crime.
A fim de preservar a integridade das vítimas que estavam sob domínio do bando, as equipes esperaram a saída dos criminosos da residência, momento em que foram abordados e rendidos. Com o grupo foram apreendidas duas armas de fogo, luvas, máscaras e outros apetrechos para prática de roubos. E na residência de um deles foram encontrados bicos de maçaricos e uma lona plástica, o que denota que o grupo pode ter ligação com roubo a caixas eletrônicos, esclareceu Fernando Costa.
No dia 30 de abril, parte da quadrilha cometeu um roubo a uma loja de departamentos, na QNM 12, da Ceilândia. A identificação do grupo foi possível graças às imagens das câmeras de segurança do local.
O delegado-chefe da DRF reforçou a importância do resultado da ação policial, tendo em vista que essa associação criminosa tinha prática contumaz no cometimento de crimes contra o patrimônio. Com a prisão deles, a expectativa é de que outros casos possam ser identificados.
*Informações PCDF